sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O vício (tradição belgo-hindu-otomana)


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Aquele que tem muitos vícios tem muitos senhores". Todo jovem almeja a fortuna e o sucesso. Mas em um mundo hostil e em constante transformação, poucas são as oportunidades. O jovem, então, começa um processo de distribuição do seu eu interior em várias frentes. Isso leva à falta de foco e pouco retorno financeiro. O divino nirvânico não impede que aqueles que tem fé sejam pró-ativos e determinados. Mas, meu irmão, minha irmã, não vê com bons olhos a multiplicidade de caminhos. Só há um caminho esotérico oportunista. Deixe-o vir até você. Nós, "magos", procuramos nos tornar unos com o divino. Em nosso chateau, sorvendo taças de viciantes vinhos franceses, praticamos o tantrismo dialético exatamente com esse fim. Viciados são os caminhos da iluminação.

Direto de Züünkharaa, Mongólia: Na imagem vemos um peregrino preparando-se para o ritual Bin-Su-mô, na filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A tradição transcedental dialética, uma abordagem viciante do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários mongóis. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics