sexta-feira, 30 de novembro de 2007

Tema de hoje: O rei e a deusa


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Bondade em moeda forte é devolvida em barras de ouro". Todos sabemos que o verdadeiro caminhante esotérico oportunista de fé é submetido a testes, os mais variados. Um dos mais importantes aborda a forma de como todos nós encaramos a bondade. Não adianta tentar enganar o divino nirvânico, ele sabe se somos ou não bons no que fazemos. O teste é simples. Será abordado por um maltrapilho, necessitado de ajuda. Deverá, meu irmão, minha irmã, descobrir se ele tem ou não vastos recursos financeiros disponíveis para doação. E convencê-lo a doar. Os ensinamentos que passamos ao longo da trilha os tornarão aptos a vencer esse teste. Nós, "magos", sempre sabemos como praticar a bondade, temos salas especiais para isso em nosso chateau, com fácil acesso à nossa adega de vinhos franceses, principalmente se podemos abater do imposto de renda futuro. Reais e endeusados são os caminhos da iluminação.

Direto de Caracas, Venezuela: Fui convidado para ser observador internaconal, no plesbicito de domingo e, na imagem acima, vemos milhares de peregrinos seguindo, em êxtase, em procissão até a filial local da Hector Hereeye Foundation, para saudar esse escriba. Logo depois proferi a palestra "A realeza transcedental dialética, uma abordagem divina de como praticar a bondade no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários venezuelanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quinta-feira, 29 de novembro de 2007

Tema de hoje: Da bondade


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A bondade é o único investimento que sempre compensa". O caminhante esotérico oportunista deve ser simpático e articulado. São predicados fundamentais para o sucesso na abordagem dos necessitados e convencimento dos generosos e abonados portenciais doadores. Para isso, deve praticar a bondade. Bondade significa observar as coisas simples da vida, como a chuva, o vento nas folhas, o suave passear de uma Ferrari 599 ou a arebentação das ondas contra o casco do transatlântico em que navega. Esta percepção das manifestações do divino nirvânico, meu irmão, minha irmã, trará a verdadeira paz dialética e dará a necessária confiança na hora de negociar as vultosas transferências de recursos. Nós, "magos", acordamos sempre de bom humor, mesmo quando chove torrencialmente e o mercado financeiro fechou em baixa no dia anterior. Sabemos que o nosso chateau, e os bons vinhos franceses que bebemos, estão garantidos, e isso nos basta. Bondosos são os caminhos da iluminação.

Direto do Aruppukkottai, Índia: Na imagem acima vemos um grupo de peregrinas, da filial local da Hector Hereeye Foundation, saudando a chegada desse escriba. Logo depois proferi a palestra "A bondade transcedental dialética, uma abordagem holística de como fazer o bem no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quarta-feira, 28 de novembro de 2007

Tema de hoje: O instante mágico


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A verdadeira felicidade financeira consiste em preparar o futuro cármico, pensando nos fundos de investimento presentes e esquecendo o passado se falido". Todos os dias nos levantamos, ao raiar do sol, e trabalhamos até o ocaso. Uma verdadeira batalha diária se apresenta todos os dias do no. São momentos de luta, vitórias, derrotas, felicidades e tristezas. O divino nirvânico, porém, não é insensível com o verdadeiro caminhante da fé esotérica oportunista. A cada dia terá a oportunidade de virar o jogo, caso esteja desfavorável. Acredite, meu irmão, minha irmã, a cada dia será colocado, em sua presença, um generoso e abonado necessitado a ser ajudado, um crítico a ser comprado ou um editor a ser adulado. São momentos mágicos que transformam um dia complicado em um dia repleto de fluxos positivos de caixa. Nós, "magos, meditamos e esperamos, em nosso chateau, bebendo uma taça de indiscritível vinho francês, o momento certo de comprar ou vender ativos nos principais mercados mundiais. Instantâneos e mágicos são os caminhos da iluminação.

Direto do Mogadício, Somália: Na imagem acima peregrinas celebram a chegada desse escriba à filial local da Hector Hereeye Foundation. Logo depois proferi a palestra "O instante transcedental dialético, uma abordagem holística da mágica financeira no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários somalis. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

terça-feira, 27 de novembro de 2007

Tema de hoje: Sobre o despertar


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Mais vale um milhão de euros na mão do que dois milhões de bolivares voando, então carpem diem". Meu irmão, minha irmã, aproveite tudo que o divino nirvânico depositar em suas mãos no mundo material. Aqui ele é generoso, no outro plano os conceitos mudam. O prazer de pilotar uma Ferrari 599, sessões intermin´veis de tantrismo dialético ou desfrutar de dias ensolarados pelo Caribe se encerram com o fim da vida terrena. Lá somente luzes ofuscantes, nuvens etéreas e o doce som das flautas irão acompanhá-los, pela eternidade. E muito cuidado com a moeda que utilizam. Nós, "magos", empenhamos nosso tempo nesse desfrute, sabedores que somos dos estranhos desígnios do além. Nosso chateau proporciona o prazer ilimitado que desejamos. E os vinhos franceses que bebemos temperam tudo isso. Despertáveis são os caminhos da iluminação.

Direto do Sanur, Bali: Na imagem acima peregrinos locais aguardam, ansiosos, a palestra "O despertar transcedental dialético, uma abordagem holística sobre a passagem terra-ar no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indonésios. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Tema de hoje: A prece


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Prece de pobre é mais um pedido; A prece de um generoso abonado é prioridade". Em nossa ânsia de ajudar ao próximo esquecemos das motivações que nos levaram a trilhar o caminho esotérico oportunista. A comunhão com o divino nirvânico é um conjunto de atos. Ajudar ao generoso e abonado necessitado, orar em silêncio meditativo, contemplar as obras naturais, pilotar uma Ferrari 599, viajar pelo Caribe à bordo de um transatlântico, driblar os impostos escorchantes, comprar um crítico venal e adular um editor ganancioso, são exemplos claros e cabais dessa comunhão. Mas deve, meu irmão, minha irmã, olhar, antes de tudo, para seu eu interior e descobrir se tuas necessidades pessoais estão sendo atendidas. Nada mais desestimulante do que passar necessidade no trabalho dialético. Então, nunca deixe de consultar-se com os seus guias preferidos. Eles darão todo o apoio e uma porção de caviar de legítima beluga, para manter sua determinação forte e inexorável. Nós, "magos", aprendemos que a oração holístca nos torna mais humanos, enquanto divinos. No nosso chateau, próximo à adega de celestiais vinhos franceses, temos uma pequena capela para pedir orientações oportunistas. Nunca as escutamos, mas sabemos que existem. Oratórios são os caminhos da iluminação.

Direto de Muzaffarabad, Paquistão: Na imagem acima vemos peregrinos extasiados aguardando minhas palavras de fé antes da palestra "A prece transcedental dialética, 1001 maneiras de comungar com o divino no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários paquistaneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

domingo, 25 de novembro de 2007

Tema de hoje: Da traição


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Trair e coçar é só começar". No mundo esotérico oportunista existem muita inveja, ambição e traição. Não que o caminhante de fé tenha que evitar estes pequenos pecados dialéticos. Somos todos humanos, apesar de nossa natureza divino nirvânica. Há que se prevenir de todas as formas, então. No que diz respeito à traição, recomendamos, aos nossos seguidores, que tenha uma extensa rede, de informações confidenciais, a respeito daqueles com quem se relaciona. Nada mais desagradável do que ser pego com as calças na mão se um crítico venal, comprado a peso de ouro, rói a corda e volta atrás em suas notas na mídia. Ou então aquele editor ganancioso, procurando morder mais do que deve na participação dos lucros na vendagem de seus livros. Tenha sempre, meu irmão, minha irmã, as conversas ou imagens comprometedoras gravadas. Só assim terão a salvaguarda contra os traidores. Nós, "magos", sabemos de todos os passos dos que nos cercam e, quando visitados em nosso chateau por seguidoras dadivosas, gravamos toda a entrevista para evitar futuros processos de assédio. Só isso garante a tranquila degustação do fiel vinho francês que bebemos, todos os dias. Traiçoeiros são os caminhos da iluminação.

Direto da Manila, Filipinas: Na imagem acima vemos meu amigão do peito, Joseph Estrada, presidente das Filipinas, saudando os peregrinos que aguardam minhas palavras de fé, antes da palestra "A traição transcedental dialética, uma abordagem holística de como evitar ações danosas ao patrimônio, no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários filipinos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

sábado, 24 de novembro de 2007

Tema de hoje: No caminho de cada um


Como trilheiro espiritual, vos digo: ". O divino nirvânico nos fez à sua imagem e semelhança, mas somente alguns escolhidos conseguem se aproveitar disso em benefício de suas carreiras, no caminho esotérico oportunista. Os necessitados de ajuda, notadamente os generosos abonados, não são cegos e observam cada detalhe, desde nossa postura pessoal até os trajes que vestimos. Não adiantará, a um caminhante de fé, ser um ótimo orador se a sua aparência lembrar a de um mendigo. Isso prejudica o processo de convencimento dialético e reduz, consideravelmente, o fluxo de recursos financeiros. Mas, ao invés de riquíssimos e suntuosos trajes, sejam despojados. Ficará mais simpático ao comando de um bólido esportivo, como uma Ferrari 599. Meu irmão, minha irmã, cada um tem uma maneira peculiar de pregar a palavra esotérica, crie a sua. Nós, "magos", desenvolvemos técnicas pessoais e intransferíveis de trabalho, inimitáveis. Nosso chateau e os vinhos franceses que bebemos são únicos no universo dicotômico. Caminhados e pessoais são os caminhos da iluminação.

Direto da Broadview Heights, Estados Unidos: Na imagem acima vemos alguns peregrinos cumprindo o ritual tântrico nirvânico Bong-kuang-tian, em louvor ao retorno deste escriba. Logo depois proferi a palestra "Os caminhos transcedentais dialéticos, uma abordagem holística sobre as experiências pessoais de cada um no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários estadunidenses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

sexta-feira, 23 de novembro de 2007

Tema de hoje: A reflexão


Como trilheiro espirtual, vos digo: "Há dois caminhos oportunistas que levam à eternidade: o estreito, que conduz à vida eterna; e o largo, que leva à perdição dos recursos conquistados". Todos os caminhantes oportunistas gostariam de deixar, para a eternidade, algo palpável e com alto valor de revenda. O planejamento é fundamental para que este desejo póstumo seja concretizado. Existem inúmeros exemplos de tentativas mal-sucedidas, como por exemplo, do irmão Antoine Saint-Exupery, que planejou tanto que morreu antes de concretizar seus sonhos dialéticos. Meu irmão, minha irmã, sejam objetivos em seus anseios e busquem a motivação no seu interior nirvânico. Qualquer dúvida procure a filial local da Hector Hereeye Foundation. Nós, "magos", não compramos críticos venais e adulamos editores gananciosos à toa. Essas ações fortalecem o valor intrínseco de nosso chateau e dos valiosos vinhos franceses que guardamos em nossa adega. Reflexivos, à exaustão, são os caminhos da iluminação.

Direto da Liubliana, Eslovênia: Na imagem acima vemos cerca de 70 mil peregrinos, em êxtase, saúdam a volta deste escriba. Logo depois proferi a palestra "A reflexão transcedental dialética, uma abordagem holística de como refletir e meditar no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários eslovenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Tema de hoje: Riqueza no outro mundo


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A riqueza oportunista, adquirida pela usura dialética, enche a vida do homem esotérico de amargura dicotômica". Meu irmão, minha irmã, estude profundamente a negociação holística, pois em muitas situações serão confrontados por seguidores olhudos. Por exemplo, como necessariamente, para ser um excelente caminhante de fé, as burras das filiais da Hector Hereeye Foundation devem estar abarrotadas de recursos financeiros, é comum que recebam pedidos inusitados como "emprestar uma quantia x". O divino nirvânico é justo. Quanto mais desprovido de recursos financeiros maior será a riqueza na vida além-túmulo. O inverso também é verdade. O uso da riqueza pedida pelo seguidor deve ser avaliada pelo retorno financeiro que trará. Proponha uma parceria societária (80% para a HHF e 20% para ele) caso identifiquem uma grande oportunidade de multiplicação dos recursos. Mas caso o uso seja destinado a saneamento básico, calçamento de ruas ou reformas obscuras, desviem do assunto com o provérbio acima. Nós, "magos", somos amplamente receptivos a propostas, desde que resultem em um retorno anual de, no mínimo, 100% do valor aplicado, descontados os impostos. Só assim teremos a tranquilidade de desfrutar de nosso chateau e dos ricos vinhos franceses que bebemos. Enriquecidos e mundiais são os caminhos da iluminação.

Direto da Shahdhara, Paquistão: Na imagem acima vemos um peregrino seguindo o ritual da mudez holística Buon-Kong-riu antes de acompanhar a palestra "A riqueza transcedental dialética, uma abordagem holística de como enriquecer no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários paquistaneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quarta-feira, 21 de novembro de 2007

Tema de hoje: Do impulso


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Nunca se deve engatinhar quando o impulso é de voar". O caminhante esotérico oportunista deve ter fé em seus instintos e inspirações. Nunca deve perder uma oportunidade de pregar a palavra divina nirvânica, mesmo em locais ermos e com pouca probabilidade de arrecadar vastos recursos financeiros. Meu irmão, minha irmã, siga o coração e, terminada a tarefa, qualquer que seja ela, tenha certeza que a cumpriu. A conta bancária vinculada ao seu sacerdócio será a prova disso. Nós, "magos", exortamos nossos seguidores a comprar um crítico venal e adular um editor ganancioso. Só isso garantirá, no futuro, um chateau e uma adega de finos vinhos franceses. Impulsivos são os caminhos da iluminação.

Direto da Londres, Inglaterra: Na imagem acima vemos minha amiga do peito, a Rainha Elizabeth II, que reuniu a família real britânica para saudar o retorno deste escriba, antes de acompanhar a palestra "O impulso transcedental dialético, uma abordagem holística de como impulsionar uma rede lucrativa de relacionamento inter-pessoal, no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários ingleses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

terça-feira, 20 de novembro de 2007

Tema de hoje: Encontro no Posto Seis


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Os caminhantes de fé serão julgados com a mesma medida com que julgam, dialeticamente, seu próximo". As aparências enganam. Isso é de conhecimento público. O verdadeiro caminhante esotérico oportunista aprende que um generoso e abonado necessitado de ajuda não está, necessariamente, trajado em ricas vestes. Alguns costumam ser excêntricos e se trajam como maltrapilhos imundos. Meu irmão, minha irmã, deve notar a diferença pela forma que encadeiam as frases, pelo bafo e pelo estado de sua arcada dentária. O verdadeiro maltrapilho titubeia, tem um terrível bafo de bebidas não recomendadas e os dentes estão absolutamente enegrecidos. Não que vocês não devam ajudar. Afinal, devemos procurar também formas dedutíveis de impostos. Nós, "magos", nunca julgamos ninguém pela aparência. Recebemos todos, sem distinção, em nosso chateau e oferecemos uma taça de valioso vinho francês. Se o necessitado emborcar de um só gole é porque se trata de um desguarnecido de recursos e o convidamos gentilmente a se retirar. Se ele engrossar chamamos a segurança. Encontráveis e sextavados são os caminhos da iluminação.

Direto da Seul, Coréia do Sul: Na imagem acima vemos peregrinos, do templo Kong-bin-ruan, saudando o retorno deste escriba antes de acompanhar a palestra "O encontro transcedental dialético, as seis maneiras de escolher amigos e influenciar pessoas no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários sul-coreanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

segunda-feira, 19 de novembro de 2007

Tema de hoje: O encontro esquecido


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O homem que está nadando de encontro ao córrego sabe a força da correnteza dialética". Um caminhante esotérico oportunista de sucesso aprende a criar e a manter uma lucrativa rede de relacionamento inter-pessoal. Entre as técnicas que deve aprender, meu irmão, minha irmã, está a de nunca, jamais e em tempo algum, se atrasar a um encontro importante. Os generosos e abonados necessitados de ajuda têm o péssimo hábito de achar, pelos vastos recursos financeiros que possuem, que não podem esperar pela visita da fé. Nós, "magos", cumprimos nossos compromissos e sempre estamos com as portas de nosso chateau abertas para receber, com queijos suiços e vinhos franceses, nossos amigos contribuintes. Encontráveis e esquecíveis são os caminhos da iluminação.

Direto da Shahdhara, Paquistão: Na imagem acima vemos minha amiga do peito, Benazir Bhutto, saudando o retorno deste escriba antes de acompanhar a palestra "O encontro transcedental dialético, uma abordagem holística de como não esquecer encontros importantes no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários paquistaneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

terça-feira, 13 de novembro de 2007

Aviso aos navegantes


"O trabalho esotérico oportunista é feito com sangue dicotômico, suor dialético e lágrimas tântricas, mas traz um excelente retorno financeiro"


Aos amigos blogueiros e visitantes deste espaço nirvânico informo que o meu psicógrafo, Ricardo Rayol, estará ausente, em retiro espiritual, sob orientação desse escriba, até a semana que vem. Até a volta. Saudações.

Mago Heitor Caolho

Presidente Perpétuo da Hector Hereeye Foundation
Mestre Tântrico Dialético
Mestre em Psicologia Dicotômica Aplicada
Mestre em Línguas
Pós-Doutor em Finanças Internacionais
Embaixador da Boa-Vontade
Coletador Magno de doações da Ordem Mundial de Magos Esotéricos Oportunistas
Palestrante Benemérito Mundial da Ordem Bi-Shuo-mao
Expert em vinhos franceses
Professor benemérito das seguintes universidades: Oxford, Cambridge, Harvard, Sourbonne, Lisboa e Catalunha.

segunda-feira, 12 de novembro de 2007

Tema de hoje: O mestre e o combate


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Dou um boi para não entrar em combate tântrico, mas dou uma boiada para não sair dele". Uma das artes, que o caminhante esotérico oportunista tem que dominar, é uma arte marcial. Não que seja desejável que o caminhante se torne belicoso. Mas sim como forma de se proteger dos ataques físicos da concorrência desleal. Meu irmão, minha irmã, além do preparo físico, que uma arte marcial propicia, ela também desenvolve a agudeza mental, tornando-o uma máquina de levantar recursos financeiros. As manobras escusas envolvendo outros âmbitos de deslealdade concorrencial são combatidas com a ajuda incessante de nosso departamento jurídico. Nós, "magos", além de mestres em diversas áreas dialéticas somos também experts em ninjitsu, jiujitsu e karatê. Praticamos todos os dias nas salas de ginástica e tatames existentes em nosso chateau, perto da adega de vigorosos vinhos franceses. Mestrados e combativos são os caminhos da iluminação.

Direto da Ramanathapuram, Índia: Na imagem acima vemos guerreiros-peregrinos sikh aguardando ansiosos meu pronunciamento na celebração de Bandi Chode. Logo após proferi a palestra "O combate transcedental dialético, uma abordagem holística de como escolher amigos e influenciar pessoas no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

domingo, 11 de novembro de 2007

Tema de hoje: O pássaro está vivo?


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O que o mestre é, em ações e recursos financeiros, vale mais que os ensinamentos do mestre". Somos sempre desafiados por caminhantes oportunistas que, apesar de todos os avisos, acreditam que já estão maduros para seguir o caminho sozinhos. Não há nada mais enfadonho do que receber a visita de um discípulo com alguma pergunta ignóbil e sem sentido para fazer. Meu irmão, minha irmã, a resposta padrão é, e sempre será, "pequeno gafanhoto, isto vai depender de você". Nós, "magos", nunca desafiamos o "status quo". Muito pelo contrário, uma rede de relacionamento dialético é muito importante. Então, em nossa caminhada, aprendemos, com os sábios e mestres que encontramos, as técnicas divinas nirvânicas para ganhar conhecimento e market share. Nosso chateau também é equipado com uma ampla sala para discussão dicotômica. Regularmente nos encontramos com os membros da Ordem, dos Magos Esotéricos Oportunistas, dos Advogados e dos Financistas, para discutirmos tendências, enquanto saboreamos um estudado vinho francês. Voadores e vívidos são os caminhos da iluminação.

Direto da Cidade do Vaticano, Vaticano: Na imagem acima vemos o encontro entre o Papa Bento XVI e um dos líderes do islamismo. Esse encontro só foi possível por intervenção desse escriba. Logo após proferi a palestra "Os vôos transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como escolher o melhor caminho filosófico para se alcançar um determinado estado cármico dicotômico, vivo ou morto?”, para eles e também para 1.500 empresários italianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

sábado, 10 de novembro de 2007

Tema de hoje: O fato


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Um sábio esotérico oportunista sem crenças é uma árvore sem frutos dialéticos". Certa vez, no caminho Ao-Shu-man, encontrei dois grandes sábios que debatiam sobre um dos temas mais instigantes do mundo religioso: a existência ou não do divino nirvânico. Este tema é de vital importância para o caminhante de fé. O divino nirvânico, ou alguma força superior, está em todas as coisas do mundo material. O ronronar suave do motor de uma Ferrari 430 Spyder ou o vento marítimo no convés de um transatlântico, durante um cruzeiro pelo Caribe, são exemplos. Mas existem aqueles, que mesmo trilhando o caminho espiritual, não acreditam nas forças superiores. Meu irmão, minha irmã, na dúvida não hesite, ajude um pobre necessitado de vez em quando. É um trabalho de cunho social, que pode ser descontado no seu imposto de renda, e garante, sem dúvida, a sua entrada no reino astral. Nós, "magos", mantemos uma creche, para os filhos dos nossos assistentes e seguidores, nas cercanias de nosso chateau e longe da adega de divinos vinhos franceses que possuímos. Factuais são os caminhos da iluminação.

Direto de Middlesbrough, Inglaterra: Na imagem acima a rainha Elizabeth II chega ao local da palestra "Os fatos transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como provar qual é o melhor caminho filosófico para se alcançar um determinado estado cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários britânicos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

sexta-feira, 9 de novembro de 2007

Tema de hoje: Descobrindo o Amazonas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É o conhecimento de mundo que levará os interlocutores a compartilhar os benefícios tântricos". O caminho esotérico oportunista nem sempre deve ser compartilhado com os não-iniciados. Não por egoísmo nirvânico, mas sim por que os outros geralmente não tem a perspicácia dicotômica para entender o verdadeiro e inigualável significado das descobertas divinas. Nesses casos, apenas indiquem o caminho. Obviamente que sendo um generoso e abonado não iniciado deve-se, meu irmão, minha irmã, tomá-lo pela mão e levá-lo aos rincões dialéticos. É uma oportunidade única de arrecadar fundos inesgotáveis sem muito esforço. Nós, "magos", nos preocupamos sempre em ensinar, mas não perdemos nosso tempo levando qualquer um ao nosso chateau para beber um inexplorado vinho francês. Descobertos e amazônicos são os caminhos da iluminação.

Direto de Shigatse, Tibet: Na imagem acima um grupo de peregrinas Shem aguardando a palestra "Os exploradores transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como descobrir o melhor caminho filosófico para se alcançar um determinado estado cármico amazônico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários tibetanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quinta-feira, 8 de novembro de 2007

Tema de hoje: E mesmo assim não acreditam


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Acreditar em tudo é tolice, mas não acreditar em coisa alguma tolice é". O caminhante esotérico oportunista deve estar atento aos sinais que o divino nirvânico apresenta. E deve trabalhar para que estes sinais sejam difundidos e acreditados. O mundo material é muito apegado as coisas mundanas e não é fácil de ser convencido. Caso esteja encontrando dificuldades, meu irmão, minha irmã, use a carta na manga de todo caminhante: comprar um crítico venal ou adular um editor ganancioso. Nada melhor do que ajudar a um generoso e abonado necessitado com os devidos respaldos da mídia mundial. Assim, o fluxo de valiosos recursos financeiros irá acontecer e todos poderão desfrutar das benesses dialéticas. Nós, "magos", somos responsáveis por tornar as provas divinas em um presente valioso. Os vinhos franceses que bebemos são uma prova viva de que a dicotomia existe. Crentes são os caminhos da iluminação.

Direto de Sint-Niklaas, Bélgica: Na imagem acima uma foto histórica desse escriba com as primeiras alunas de tântrismo nirvânico. Naquele local proferi a palestra "Os crentes transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como convencer usando o caminho filosófico para se alcançar um determinado estado cármico dicotômico”, para 1.500 empresários belgas. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Tema de hoje: A camponesa e o imperador


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Onde se ganha o pão não se come a carne". Meu irmão, minha irmã, um simples ato pode fazer a diferença entre a vitória oportunista ou a morte nirvânica. Somos todos movidos por interesses escusos. Cabe a nós, caminhantes esotéricos, esconder nossas razões e desvendar as razões alheias. Nessa busca encontrarão os verdadeiros e generosos abonados necessitados. Mas cuidado. Nossa ajuda espiritual pode ser tão avassaladora que os entes queridos, que cercam o alvo, podem querer provar da fonte do tântrismo dialético. Nesses momentos de intensa tentação, orem e tomem banhos de água fria. Nós, "magos", aprendemos que uma mulher saciada pode representar um obstáculo ao fluxo infinito de recursos. Somente atendemeos entes queridos, em nosso chateau, bebendo um intrigante vinho francês, se acompanhados de seus respectivos familiares. Campesinos e imperiais são os caminhos da iluminação.

Direto de Louvain-la-Neuve, Bélgica: Na imagem acima um grupo de peregrinas, do templo Xu-Kuo-kuan, prepara-se para uma romaria antes da palestra "Os camponeses transcedentais dialéticos, uma abordagem holística da relação de poder no estado cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários belgas. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

terça-feira, 6 de novembro de 2007

Tema de hoje: O grito no vale


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O discípulo não está acima do mestre oportunista, nem o servo acima do seu senhor nirvânico". Quando aprendiz de caminhante oportunista saí em peregrinação, no caminho Ao-Shu-man, aos principais mestres esotéricos. De templo em templo perguntei quais eram os ensinamentos e quem os havia ensinado. Em todo lugar recebi um olhar de esgelha e uma mudança de conversa. Concluí, meu irmão, minha irmã, que o divino nirvânico não é maior que o conjunto do conhecimento daqueles que o seguem. Hoje percebo que cada um procura o que precisa, ajudando aos necessitados, abonados ou não. A generosidade interior só pode ser demonstrada quando há reciprocidade. Por isso, escolham os generosos abonados para sustentar suas Ferraris 430 Spyder ou financiar seu cruzeiro pelo Caribe. E mantenha um templo para ajudar os que não são tão abonados. Afinal, em certos países, existem leis de incentivos fiscais para aqueles que trabalham pela paz social. Nosso chateau, por exemplo, foi comprado em terras que beneficiam aqueles que buscam a fé tântrica. Os vinhos franceses que bebemos são também fruto de subsídios agrícolas, beneficiando milhares de camponeses. E a compra de críticos venais é bem vista em certos países, mediante comissão. Gritados são os caminhos da iluminação.

Direto de Zagorje ob Savi, Eslovênia: Na imagem acima uma peregrina observa um jardim, enquanto realiza um exercício de meditação tântrica orientada por este escriba. Logo após proferi a palestra "Os gritos transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como escolher o melhor vale filosófico para se alcançar um determinado estado cármico dicotômico”, para 1.500 empresários eslovenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

segunda-feira, 5 de novembro de 2007

Tema de hoje: Na estrada de Damasco


Como trilheiro espiritual, vos digo: “A estrada do excesso leva ao palácio da sabedoria”. O verdadeiro caminhante consegue ponderar os excessos que lhe são apresentados pelo divino nirvânico, como prova de fé. Ele não chora pelas perdas que teve. Não as perdas imateriais, como um grande amor carnal. Meu irmão, minha irmã, saiba que chorar e espernear são as facetas da vida esotérica oportunista que nos fortalece. Sentindo que perderá aquele generoso e abonado necessitado use de todos os estratagemas para mantê-lo. Ofereça benefícios extras, como descontos nas procissões e romarias que organizar. Deixe um pequeno mimo, como uma passagem para um cruzeiro pelo Caribe, em sua caixa postal. Não poupe esforços, mas sejam ponderados nos gastos. Nós, “magos”, mesmo comprando e adulando mantemos o custo sob controle. Nada pior que chegar em nosso chateau, para provar um delicioso vinho francês, e saber que o dia não foi bom, contabilmente falando. Trilhados são os caminhos da iluminação.

Direto de Drobeta-Turnu Severin, Romênia: Na imagem acima uma peregrina extasiada aguarda a palestra "Os caminhos transcedentais dialéticos, uma abordagem holística de como escolher o melhor caminho filosófico para se alcançar um determinado estado cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários romenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

domingo, 4 de novembro de 2007

Tema de hoje: A árvore e seus frutos


Como trilheiro espiritual, vos digo: “Grandes árvores dão mais sombra do que frutos, enquanto a árvore boa não der bons frutos”. Quando caminhamos pelas trilhas oportunistas devemos separar o joio do trigo. No meio da multidão de necessitados desesperados somente aqueles que sejam generosos e abonados merecem especial atenção dialética. No mundo holístico os pobres apenas são os chamarizes de nosso trabalho dicotômico. Leve-os para um pequeno passeio em sua Ferrari 430 Spyder. Veja o efeito benéfico que isso trará. Logo irão transbordar os recursos financeiros inesgotáveis. Aprenda, meu irmão, minha irmã, que nem todos os frutos estão maduros para a colheita. Nós, “magos”, observando do alpendre de nosso chateau, sabemos exatamente a hora certa de colher a uva, para nosso vinho francês de cada dia, comprar um crítico venal ou adular um editor ganancioso. Arborizados e frutificados são os caminhos da iluminação.

Direto de Bolonha, Itália: Na imagem acima uma peregrina extasiada prepara-se para confessar seus pecados esotéricos para este escriba. Logo após proferi a palestra "A árvore transcedental dialética, uma abordagem holística de como escolher os melhores frutos filosóficos à luz do investimento cármico dicotômico”, para 1.500 empresários italianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

sábado, 3 de novembro de 2007

Tema de hoje: Escolhendo com confiança


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Confiança não se dá e não se toma emprestado, conquista-se". O verdadeiro caminhante de fé tem dois traços ímpares em sua personalidade: misericórdia e rigor. A primeira é útil na abordagem ao generoso e abonado necessitado, conquistando-lhe a confiança com suas palvras de conforto. O rigor advém quando este mesmo necessitado, ao assumir o compromisso divino nirvânico de transferências regulares de recursos,falta com sua palavra. Nesse momento é necessário todo o empenho. Se conversas não resolvem remeta ao faltoso uma cópia do nosso livro "Compêndio das Maldiçoes Inonimáveis". Nele estão grafadas todas as maldições que podem atingir o infiel. Meu irmão, minha irmã, tenha certeza que ao receber o livro terão resultados surpreendentes. Nós, "magos", em nosso chateau, além da adega de confiáveis vinhos franceses, temos também uma sala de descompressão para convencimento dos relutantes devedores dialéticos. Escolhidos e confiantes são os caminhos da iluminação.

Direto de Prachuap Khiri Khan, Tailândia: Na imagem acima um grupo de peregrinas dançam para este escriba logo após a palestra "A confiança transcedental dialética, uma abordagem holística de como escolher as grandes correntes filosóficas à luz do investimento cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários tailandeses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

quinta-feira, 1 de novembro de 2007

Tema de hoje: Da tensão e do nervosismo


Como trilheiro espiritual, vos digo:"Que os pássaros da preocupação e tensão voem ao redor de sua cabeça, isso você não pode mudar. Que eles façam ninhos em seus cabelos, isso você pode.". O verdadeiro caminhante de fé não se deixa levar pelo nervosismo nos momentos cruciais. A preparação esotérico oportunista prevê o treinamento adequado para que controle a tensão antes de alguma ação dialética. O caminhante observa o generoso e abonado necessitado com alegria, disposição e vontade de abrir-lhe a carteira. Meu irmão, minha irmã, não basta apenas o treinamento especial nas dependências da Hector Hereeye Foundation. Deve-se praticar todos os dias. Nós, "magos", acordamos sempre com disposição. Por isso tornamo-nos proprietários de chateaus e nos especializamos em vinhos franceses valiosos. Tensos e nervosos são os caminhos da iluminação.

Direto de Attawila, Yemen: Na imagem acima um grupo de peregrinos aguardam, paramentados, a palestra "O nervosismo transcedental dialético, uma abordagem holística de como superar a tensão das grandes correntes filosóficas à luz do investimento cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários iemenitas. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Paz na terra, uma blogagem coletiva



"Paz na terra aos homens de negócio de boa-vontade, pois a eles pertencerão os vastos recursos financeiros providos pelo divino nirvânico, mediante nossa módica comissão de 20%."


Hoje, em comunhão com centenas de milhares de seres humanos preocupados com um mundo material melhor, estamos levantando a bandeira da paz na terra, proposta pelo grande mestre da Ordem dos Magos Esotéricos Oportunistas e dublê de blogueiro, o Lino Resende. Para nós, "magos" oportunistas, um mundo em constante ebulição belicosa é péssimo para os negócios. Os generosos abonados retraem-se, colocando seus vastos recursos em investimentos mais seguros como, por exemplo, o ouro, títulos da dívida pública norte-americana ou plantações de bio-combustível. Sobram apenas, para ajudar, milhões de desesperados oprimidos e sem vintém. A paz, por outro lado, propicia enormes oportunidades. O abonado necessitado está, nesse momento de introspecção holística, fragilizado pela consciência culpada. Afinal, como ficar insensível à miséria humana quando se tem tantos milhões a disposição? Uma situação oportuna para o trilheiro esotérico, facilitando o seu acesso aos bolsos generosos e às carteiras abertas. Portanto, a lógica no diz que devemos sim lutar pela paz mundial na terra, nem que tenhamos que matar por isso.

Hoje, atualmente, eu e todos os irmãos e irmãs da Hector Hereeye Foundation, de onde sou presidente perpétuo, empregamos, com ardor cósmico, um grande esforço cármico, para levar as palavras de paz a todos os rincões da humanidade.


Como parte do meu esforço em levar a paz aos rincões da humanidade assumi a tarefa de, pela paz na terra, convencer o Congresso Comunista Chinês a liberar uma licença para o templo de prática budista do meu amigão do peito, o Dalai Lama. Está sendo um trabalho árduo e que espero ver frutificar. (Dalai, não esqueça daquele acerto que conversamos caso eu seja bem sucedido).


Graças às minhas conversas de bastidores e muito conhecimento sobre os meandros políticos do Vaticano, foi possível à minha amigona do peito, Madre Teresa de Calcutá, abrir uma ordem religiosa dialética para ajudar aos pobres e necessitados. Após seu passamento tornou-se uma grande lobista junto ao divino nirvânico.


Outro amigão do peito que ajudei no passado foi o Ghandi. Com muitos problemas relativos ao seu povo, me procurou. Usei toda a minha influência junto ao governo e à monarquia britânicos para tornar independente a Índia. Com isso, a Hector Hereeye Foundation prosperou em terras indianas e hoje é uma das filiais de maior destaque no ranking de arrecadação dialética de recursos de todos os tipos. Atualmente, como Madre Teresa, é um grande lobista no plano astral.


E não podia deixar de citar o grande concurso de misses, o "Miss Paz na Terra", promovido pela Hector Hereeye Foundation. Afinal, todas elas querem que a tal paz na terra seja permanente, é ótimo para seus negócios pessoais. Como prêmio, as vencedoras irão participar, gratuitamente, do meu curso especial de tântrismo dialético grupal dicotômico, talvez assim esqueçam essa estória de pequeno príncipe.


Saudações

Mago Heitor Caolho

Presidente Perpétuo da Hector Hereeye Foundation
Mestre Tântrico Dialético
Mestre em Psicologia Dicotômica Aplicada
Mestre em Línguas
Pós-Doutor em Finanças Internacionais
Embaixador da Boa-Vontade
Coletador Magno de doações da Ordem Mundial de Magos Esotéricos Oportunistas
Palestrante Benemérito Mundial da Ordem Bi-Shuo-mao
Expert em vinhos franceses
Professor benemérito das seguintes universidades: Oxford, Cambridge, Harvard, Sourbonne, Lisboa e Catalunha.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics