quinta-feira, 31 de dezembro de 2009

2009, o ano que fizemos contato com o primeiro trilhão


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O primeiro trilhão a gente nunca esquece, então, caminhante de fé e doador generoso e abonado, continue a fazer o bem e auferir lucros a quem de direito, estando na tua mão o poder dialético de fazê-lo". Como honorável mestre tântrico e mago esotérico oportunista faço, no dia de hoje, o balanço do que foi 2009, para a Hector Hereeye Foundation. Tivemos um ano excelente, acompanhamos e aconselhamos lideres mundiais para que, com nossa consultoria esotérica oportunista, superassem as turbulências financeiras que influenciaram os mercados mundiais desde 2008. Em primeiro lugar gostaria muito de agradecer a celestial e oportuna ajuda do nosso presidente latino-americano, mago Ykhro. Continua sendo uma das mais importantes aquisições estratégica para a Hector Hereeye Foundation.

Em segundo lugar gostaria de agradecer aos 640 milhões de novos fiéis que, somando-se aos já fiéis seguidores que mantém, em dia, suas contribuições mensais, levaram nosso esoterismo oportunista à casa do 1 bilhão de seguidores. Um acréscimo de 177% em nossas hostes. Com as novas taxas, aprovadas pelos conselhos fiscal, tributário e administrativo atingimos finalmente nosso primeiro US$ 1 TRILHÃO. São US$ 84,00 todos os meses. Isso só seria possível GRAÇAS às 320 equipes, das filiais da HHF, totalizando 5.120 colaboradores, em todos os rincões da humanidade. Os 500 colaboradores da matriz devem ser lembrados pela sua dedicação ímpar à causa dialética. Nossa eficiência é quase divina. Agradeço, também, aos 3.580.000 empresários de todo o mundo que compareceram, em massa, às 10 palestras proferidas. O custo de US$ 5.250,00 por cabeça não foi um preço exorbitante pelas 2 horas de palavras do divino nirvânico. Não poderia deixar de citar que nosso trabalho assistencial beneficiou, com US$ 380 milhões cerca de 1.000.000 de pobres necessitados. Isso nos trouxe, indiretamente, um benefício fiscal de 99%, dos US$ 108 bilhões, em impostos recolhidos. Parabéns à equipe de advogados tributaristas. Fechamos o ano fiscal nirvânico de 2009 com mais US$ 120 bilhões em lucros auferidos que serão distribuídos entre os acionistas da Hector Hereeye Foundation. Nada mal para um ano de retomada de crescimento econômico mundial. Espero que 2009 seja melhor. O cenário favorece aos que levam à palavra divina. Um campo promissor para o esoterismo oportunista e prevejo um incremento de 10,23% ao final de 20109. Comemorem, pois.

Direto do Bancoc, Tailândia: Na imagem acima a entrada do monastério escolhido para celebrar meu 90} aniversário, perto da filial local da Hector Hereeye Foundation, onde proferi, especialmente, a palestra, "O balanço financeiro transcedental dialético, uma abordagem holística de como o trabalho esotérico pode ser lucrativo, no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários de todos os países do mundo material.

terça-feira, 27 de outubro de 2009

Tema de hoje: No meio dos inocentes


Como trilheiro espiritual vos digo: "Todos somos inocentes até prova em contrário, mesmo que responsáveis. Somos inocentes perante às leis fiscais, responsáveis perante nossos semelhantes, que atraímos para nossa causa justa e lucrativa". Certa vez, no templo hedonista Hong-Kuong-Hui, deparei-me com uma cena tocante. Um jovem, ajoelhado, pedia perdão pelo mal que fizera a certa moça. Um ancião, responsável pelo templo, escutava-o, sisudo. O jovem descreveu, em detalhes, todas as ações tomadas até o clímax orgásmico tântrico. Aplaudido de pé por seus pares foi, subitamente, interpelado por um monge, ricamente vestido, que perguntou: "E quanto custou o show?". O jovem, pálido agora, respondeu que não custara nada e, além disso, tinha adiantado algum ouro para que a pobre moça pudesse pagar seus estudos. O monge levantou-se e, com um açoite, cortou as costas do jovem com mais de 30 chibatadas certeiras e o expulsou do templo, gritando: "Vendilhão, vendilhão, por que pecastes? Não sabes tu, ó desgraçado, que o ouro doado pertence aos nosso cofres? Não sabes tu, estúpido, que caístes no mais antigo conto do vigário criado pela humanidade?". O caminhante de fé deve se perguntar sempre, ao se deparar com eventuais doadores potenciais, se alguns pedidos não destoam do que seria de supor uma conta bancária à altura de nossas necessidades. Não se deixem enganar por um belo rosto ou um belo traseiro. Em meu chateau, bebendo um revigorante vinho francês, recebo sempre de bom grado os pedidos de ajuda, mas não sem antes consultar as fontes de concessão de crédito e a ficha cadastral pertinentes. Só assim durmo tranquilo.

Direto de Adis-Abeba: Na imagem acima vemos uma peregrina interagindo inocentemente com a natureza antes de se entregar de corpo e alma ao curso "Tântrismo tântrico avançado", proferido por este escriba. Na ocasião proferi a palestra "Como encontrar brechas legais nas leis fiscais internacionais e ter a consciência astral tranquila", para 1.500 empresários etíopes.

quarta-feira, 8 de julho de 2009

Tema de hoje: Não basta renunciar

Como trilheiro espiritual, vos digo: "O verdadeiro caminho não é feito por obstáculos, mas por desvios". Existem muitas dúvidas que assombram os caminhantes de fé. Entre elas, talvez a mais intrigante, se refere à renúncia. Renunciar é desistir. Nós, da Hector Hereeye Foundation, jamais desistimos. Sempre encontramos uma brecha, seja ela fiscal, financeira ou material, para atingir o bolso e a mente dos potenciais e generosos doadores. Não há nada mais tentador que um benefício fiscal colocado sobre a mesa, ao lado do cheque com a doação. Sou favorável às amplas negociações, em meu chateau, desfrutando de um irrepreensível vinho francês, de ótima safra. Renuciáveis não são os caminhos da iluminação.

Direto de lugar secreto e paradisíaco: Não poderia deixar de citar o passamento de Michael Jackson. Em primeiro lugar gostaria de destacar que ele não era membro de nossa Fundação. Jamais iríamos permitir alguém tão perdulário em nossas fileira, sem contar as supostas atividades noturnas que praticava. Mas, como conselheiro oportunista, sugeri a uma série de artistas, que nos abastecem com suas doações, que participassem do funeral. Não é todo dia que milhões de espectadores estão conectados em um mesmo evento. O resultado foi positivo. 95% dos participantes de nosso seminário "O oportunismo crônico, uma abordagem radical da exploração televisiva", proferida para 1.500 artistas, empresários e dirigentes políticos de todo o mundo, disseram que o investimento valeu à pena. Juntem-se a nós.

terça-feira, 14 de abril de 2009

Tema de hoje: Da rendição


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Se nos rendemos à ignorância e a chamamos de divino, cometemos um ato de descrença prematura. Ao confiarmos no esoterismo oportunista, a comunhão com o divino nirvânico nos salva e nos traz a luz". O caminhante de fé não se rende aos obstáculos. É sabido que ao longo do caminho espiritual somos alvejados por descrentes. A concorrência é feroz e os fiscais tributários não nos deixam em paz. Cabe a cada um saber a hora de avançar ou retroceder. O quinhão das doações generosas está garantido e, por lei, é isento de impostos em todos os países onde a Hector Hereeye Foundation possui filiais. Logo, ao se deparar com notificações fazendárias recorra aos nosso tributaristas. Eles sempre estão disponíveis para ajudar. Nós, "magos", como primeira tarefa, criamos nossas diretorias jurídicas com este fim. Só assim podemos desfrutar de nossos vinhedos, e tomar uma taça de incomparável vinho francês, em nosso chateau, em paz. Rendidos são os caminhos da iluminação.

Local secreto: Na imagem acima um grupo de peregrinas que se ofereceu, em sacrífico, para derrotar esse escriba na prática do tantrismo dialético. Pelos sorrisos podem ter certeza que falharam.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Tema de hoje: Dos anjos


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Toda a família, por menor que seja, tem o seu anjo e o seu demônio". O divino nirvânico é dividido e polarizado. Alto, baixo. Positivo, negativo. Yin, yang. Doadores generosos e murrinhas mão-de-vaca. Quando caminhamos pela trilha do bem, o mal também está lá. Por exemplo, se um grupo de potenciais doadores não doa o máximo possível, estão eles sob a influência das forças sinistras. Assim como uma tempestade tropical, durante um cruzeiro pelas ilhas do Caribe ou quando o pneu do bólido esportivo, uma Ferrari 599 por exemplo, que fura justamente na hora em que aquele doador biliardário irá contribuir com a causa esotérica oportunista. Cabe ao caminhante de fé trilhar pelos caminhos consagrados e ouvir os conselhos dos líderes locais. Não se deixarem abater pelos obstáculos e, principalmente, não ouvir conselhos não-aprovados pela Hector Hereeye Foundation. Nós, "magos", estamos atentos às influências do mal. Combatemos com energia aqueles que se manifestam como novos "magos". Ao final do dia voltamos ao nosso chateau para o merecido descanso e uma taça de energético vinho francês. Angelicais são os caminhos da iluminação.

Local secreto: Ainda estou sendo muito requisitado pelos líderes mundiais para ajudá-los a debelar a crise que se abateu sobre o mundo civilizado. Nossos cofres abarrotados servem de porto seguro aos pequenos países necessitados, pelo preço justo. Na imagem acima uma peregrina se prepara para proporiconar um momento de lazer lúdico a esse escriba, após intensas negociações esotérico-financeiras.

terça-feira, 3 de março de 2009

Tema de hoje: Da força


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É do sofrimento cármico que se obtem a conquista financeira divina". O caminhante de fé, e todos aqueles que buscam orientação e amparo na Hector Hereeye Foundation, deve estar preparado para a separação do joio do trigo. Nem todo conselho dado a um peregrino sereve a outro. Seguindo ensinamentos básicos procuramos particularizar nossa ação sobre o necessitado, abonado e generoso. Outrossim, cabe aos que querem abrir o coração, e a bolsa, a percepção do valor agregado de tais serviços esotéricos oportunistas customizados. Se o caminhante de fé, dentro do seu direito terreno e inalienável, procura outro "mago" para tomar seus conselhos que o faça mediante acerto contratual. Quebre o paradigma da força da palavra dada. Não acredite mais no secular "la garantia soy yo". Estamos entrando em uma nova era onde certificações de qualidade e testemunhos escritos e juramentados são uma importante ferramenta de trabalho. Nós, "magos", deveríamos exigir o mesmo de nossos fornecedores. Minha adega já está certificada pela ISO 14000, garantindo a tranquilidade de minha degustação, no meu chateau. Forçados são os caminhos da iluminação.

Lugar secreto alternativo: Continuo em meu retiro sabático. Na imagem acima uma peregrina, especializada em ISO 14000, gentilmente prova a qualidade das uvas de meus vinhedos. Após seus testes desfrutamos de momentos aprazíveis e tântricos.

quarta-feira, 11 de fevereiro de 2009

Tema de hoje: Da oportunidade e convencimento


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O verdadeiro sábio esotérico não espera pelo oportunismo, o constrói, moeda forte por moeda forte". No mundo atual, conturbado pela crise financeira, é mister que o caminhante de fé entenda as nuances do mercado para explorar, com propriedade, as oportunidades que se apresentem ou convencer um doador generoso, porém receoso, de modo eficaz. Não basta apenas levá-lo para uma volta em seu bólido esportivo, uma Ferrari 599, ou um cruzeiro pelo Caribe. Apresente resultados concretos. Mostre as tendências de investimentos realizdas pela Hector Hereeye Foundation. Os demonstrativos de lucros auferidos pelos fundos em que aplicamos são ótimo incentivo. Nós, "magos", caminhamos na turbulência altivos e em paz. Degustamos um aprazível vinho francês, em nosso chateau, de olho nos indicadores das bolsas do mundo. Oportunos são os caminhos da iluminação.

Local secreto: Continuo recolhido em meu local de férias. Na imagem acima podem entender a razão.

quinta-feira, 5 de fevereiro de 2009

Tema de hoje: Do merecido descanso


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Quem suou na luta descansará na abundância". Nós, "magos", somos expostos a uma carga de trabalho desumana. Nada demais considerando a natureza esotérica oportunista de nossa missão. Mas, em certos momentos, temos que nos distanciar das atribulações terrenas e meditar em comunhão com o divino nirvânico. Ainda mais que ao final do ano que passou meus valiosos conselhos foram solicitados como nunca e pagos a peso de ouro. Foram empresários, políticos e banqueiros, de todos os rincões da humanidade, implorando por orientação. O caos financeiro que se instalou no mundo só não teve consequencias mais funestas graças ao trabalho incessante da Hector Hereeye Foundation. Notadamente na América do Sul, nosso presidente latino-americano, mago Ykhro, foi de fundamental importância para evitar a bancarrota daquele continente. O descanso então foi necessário, com os bônus recebidos, fiz um retiro espiritual, em um local paradisíaco. Agora, renovado, na pujança de meus 89 anos, bebericando um excelente vinho francês, no alpendre de meu chateau, estou pronto para mais um ano de intenso trabalho espiritual. Meritórios e descansados são os caminhos da iluminação.

Local secreto: A imagem acima é uma amostra do que foram esses mais de 30 dias de descanso cármico. Obviamente não proferi nenhuma palestra.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics