terça-feira, 14 de abril de 2009

Tema de hoje: Da rendição


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Se nos rendemos à ignorância e a chamamos de divino, cometemos um ato de descrença prematura. Ao confiarmos no esoterismo oportunista, a comunhão com o divino nirvânico nos salva e nos traz a luz". O caminhante de fé não se rende aos obstáculos. É sabido que ao longo do caminho espiritual somos alvejados por descrentes. A concorrência é feroz e os fiscais tributários não nos deixam em paz. Cabe a cada um saber a hora de avançar ou retroceder. O quinhão das doações generosas está garantido e, por lei, é isento de impostos em todos os países onde a Hector Hereeye Foundation possui filiais. Logo, ao se deparar com notificações fazendárias recorra aos nosso tributaristas. Eles sempre estão disponíveis para ajudar. Nós, "magos", como primeira tarefa, criamos nossas diretorias jurídicas com este fim. Só assim podemos desfrutar de nossos vinhedos, e tomar uma taça de incomparável vinho francês, em nosso chateau, em paz. Rendidos são os caminhos da iluminação.

Local secreto: Na imagem acima um grupo de peregrinas que se ofereceu, em sacrífico, para derrotar esse escriba na prática do tantrismo dialético. Pelos sorrisos podem ter certeza que falharam.

quarta-feira, 8 de abril de 2009

Tema de hoje: Dos anjos


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Toda a família, por menor que seja, tem o seu anjo e o seu demônio". O divino nirvânico é dividido e polarizado. Alto, baixo. Positivo, negativo. Yin, yang. Doadores generosos e murrinhas mão-de-vaca. Quando caminhamos pela trilha do bem, o mal também está lá. Por exemplo, se um grupo de potenciais doadores não doa o máximo possível, estão eles sob a influência das forças sinistras. Assim como uma tempestade tropical, durante um cruzeiro pelas ilhas do Caribe ou quando o pneu do bólido esportivo, uma Ferrari 599 por exemplo, que fura justamente na hora em que aquele doador biliardário irá contribuir com a causa esotérica oportunista. Cabe ao caminhante de fé trilhar pelos caminhos consagrados e ouvir os conselhos dos líderes locais. Não se deixarem abater pelos obstáculos e, principalmente, não ouvir conselhos não-aprovados pela Hector Hereeye Foundation. Nós, "magos", estamos atentos às influências do mal. Combatemos com energia aqueles que se manifestam como novos "magos". Ao final do dia voltamos ao nosso chateau para o merecido descanso e uma taça de energético vinho francês. Angelicais são os caminhos da iluminação.

Local secreto: Ainda estou sendo muito requisitado pelos líderes mundiais para ajudá-los a debelar a crise que se abateu sobre o mundo civilizado. Nossos cofres abarrotados servem de porto seguro aos pequenos países necessitados, pelo preço justo. Na imagem acima uma peregrina se prepara para proporiconar um momento de lazer lúdico a esse escriba, após intensas negociações esotérico-financeiras.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics