quarta-feira, 31 de outubro de 2012

Tema de hoje: "O tantrismo dialético, esse desconhecido"

Como trilheiro espiritual, vos digo: "No dia a dia, goze da vida material e desfrute do cármico orgasmo tântrico que ela lhe proporciona". Cada vez mais somos assediados por potenciais seguidores ávidos por novidades no campo esotérico oportunista e, em tempos de crise, os caminhantes de fé podem enfrentar o seu mais íntimo e pessoal pavor: A falta de recursos inesgotáveis dos apoiadores anônimos. Então, para que essa situação seja contornada nada mais aprazível que usar de estratégias para amealhar mais e mais seguidores. Uma das técnicas que sugerimos, em nossas palestras de reciclagem, é incluir, nas atividades diárias, cursos de tantrismo dialético. Nesse curso o treinando irá aprender o prazer sem sexo, a desenvolver a terapia do êxtase dicotômico, a curar pelo orgasmo cármico.  Mas não se deixem levar pelo entusiasmo, pois é muito tentador que o treinador se envolva com seus alunos e alunas em aulas práticas e, com dor na consciência astral, devolva o valor recebido, não desfrutando, portanto, dos prazeres materiais que uma Ferrari F50 proporcionaria, por exemplo. Não se deixeis cair em tentações! Do alto da colina norte, dos vinhedos de meu chateau, absorvo o sutil aroma do vinho francês que degusto. Dialéticos e desconhecidos são os caminhos da iluminação.

Ilha de Lesbos, Grécia: Na imagem acima percebe-se que a peregrina alcança um retumbante orgasmo que, se filmado, faria tremer os alicerces lúdicos e fantasiosos da humanidade. Após essa sessão proferi a palestra "Os caminhos dicotômicos do orgasmo, uma abordagem onírica e oportunista dos anseios do ser humano", para 1.500 empresárias e lideres políticas lésbicas.

terça-feira, 24 de julho de 2012

Tema de hoje: No caminho de cada um

Como trilheiro espiritual, vos digo: "Se em caminho de paca, tatu caminha dentro, para quem não sabe onde vai, qualquer caminho é bom". Certa vez, nos altos dos montes Urais, deparei-me com uma encruzilhada, sendo que esta tinha várias veredas. Senti-me impotente perante tal decisão complexa. Afinal, estava cansado e precisa de repouso, comida quente, uma taça de boa bebida e massagem tailandesa profissional. Acalmei-me e entrei em um transe nirvânico, possuindo-me de energia pura. Vislumbrei então, entre as veredas, uma que possuía um magnetismo fora do comum. Seguindo esta vereda deparei-me, perplexo, com um viajante embriagado, manejando uma carroça repleta de tesouros: dinheiro, pedras preciosas e ouro em barras. Passei a seguir esta carreta até que, em determinado momento, o tropeiro tropeçou, previsivelmente, e acabou rolando em um penhasco. Sem mais ninguém a vista tomei as rédeas da carreta e enveredei-me pelas portas do primeiro banco que encontrei. Uma pequena pedra dfundamental no que se tornou hoje a maior organização esotérica oportunista do mundo, a Hector Hereeye Foundation. Indivisíveis são as trilhas da iluminação, ainda mais acompanhadas por um copo de encorpado vinho francês.

Londres, Inglaterra: Na imagem acima uma peregrina desfruta de um momento íntimo com riquezas infindáveis de nossa filial inglesa, onde estou para acompanhar os jogos olímpicos. Na ocasião proferi a palestra "Os caminhos da salvação nirvânica, uma abordagem tântrica para livrar-se de extremistas federais" para 1.500 políticos latino-americanos.

sábado, 21 de julho de 2012

Tema de hoje: A partícula de Deus




Como trilheiro espiritual, vos digo: ""Deus é bom pesquisador científico, mas gosta de quem descobre outras verdades e o ajuda na distribuição de bençãos". Quando iniciei minha caminhada esotérica percebi o quão difícil era conseguir assistentes divinos. Não por ignorância, mas sim por não existirem centros de capacitação nesse segmento tão promissor mas relevado a quinta categoria. Assim que finquei os alicerces, do que hoje é a grande organização Hector Hereeye Foundation, providenciei, através de parcerias lucrativas e mutuamente promissoras, e exaustivas pesquisas pagas com palavras de fé, a abertura de cursos esotéricos, em nível técnico, nas principais regiões que eram foco de nosso “business plan”. Não só com objetivos administrativos, mas abrangendo o tântrismo dialético, a dicotomia nirvânica, o plantio de castas de uva excêntricas entre outros. O sucesso dos cursos nos alimentou com sangue novo, caminhantes de fé dispostos a tudo para erguer com fervor a bandeira do esoterismo oportunista. Todos eles, noviços e noviças, de olho nos bólidos esportivos, casas nababescas e mulheres castas, porém dadivosas, que poderiam obter com o trabalho árduo porém cármico. Após anos de um duro caminho, em meu chateau degustando um abençoado vinho francês, tenho certeza que treinar essa legião de fanáticos, que dariam sua própria vida pela causa esotérica, foi uma decisão acertada, e vista, pelas hostes no nirvana, como uma ajuda ímpar no amparo de tantos necessitados de uma palavra de fé afim de aliviarem sua consciência, e suas contas bancárias. Pesquisados e verdadeiros são os caminhos que nos levam ao dicotômico nirvânico.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics