quinta-feira, 31 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Das laranjas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Onde há uma vontade irresoluta, há um caminho sem pedras". No competitivo mundo do esoterismo oportunista devemos nos deixar levar por nossos próprios instintos e pela intuição divina nirvânica. Análises de terceiros são sempre suspeitas, principalmente se de fontes obscuras. Dedique-se ao trabalho de ajudar os generosos e abonados, meu irmão, minha irmã, e não dê ouvidos às lamentações de crises. O ser humanounca deixa de comer, morar ou de rezar. Nós, "magos", traçamos nossa estratégia de crescimento embasados em análises profissionais e de fontes confiáveis. Sóa assim temos a tranquilidade em nosso chateau, ao beber nossos vinhos franceses. Alaranjados são os caminhos da iluminação.

Direto de Wayanad, Índia: Na imagem uma peregrina pratica a levitação tântrica antes da palestra, "As cores transcedentais dialéticas, uma abordagem colorida do mundo cármico dicotômico alaranjado”, que proferi para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quarta-feira, 30 de janeiro de 2008

Tema de hoje: As questões inúteis


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Jamais se desespere em meio as sombrias questões da vida cármica, pois das nuvens mais negras cairá água límpida e fecunda". O caminhante de fé não deve perder seu tempo com inúteis questões que rondam o esoterismo oportunista. Não adianta se questionar se uma Ferrari 599 é ou não é o melhor bólido esportivo, se um cruzeiro pelo Caribe é melhor ou pior que um pelas Ilhas Gregas. Se deve ou não comprar um crítico venal ou adular um editor ganancioso. Euro ou dólar. Meu irmão, minha irmã, aceitem certas verdades como únicas e o fardo esotérico ficará bem mais leve. Nós, "magos", abstraimos das questões irrelevantes. Um chateau no Vale do Loire, equipado com uma adega dos primorosos vinhos franceses é o que basta. Inúteis são os caminhos da iluminação, quando questionados.

Direto de Palma de Maiorca, Espanha: Na imagem vemos um grupo peregrinas seguindo o ritual Kuang-Xon-Tain, promovido pela filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O inútil transcedental dialético, uma abordagem questionável do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 29 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Do príncipe feliz


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A alegria dialética faz bem a saúde, estar sempre triste é morrer aos poucos". O mundo cármico dicotômico é cheio de surpresas. É um mundo onde ainda existem seres alegres, bonitos e cheios de recursos financeiros. Como grupo consumidor é um dos mais bem situados na pirâmide alimentar. Mas apesar de todos esses predicados alguns dos membros deste seleto grupo são assolados pela dúvida e pelo desespero. Cabe a nós, caminhantes esotéricos oportunistas, levar a palavra divina nirvânica a estes corações atormentados. Meu irmão, minha irmã, caso se encontre aqueles necessitados cheio de trejeitos estranhos não se assustem. Confortem-nos. Eles costumam ser muito efusivos e generosos nos agradecimentos. Nós, "magos", traçamos, em nosso chateau, bebendo uma taça de vinho francês, estratégias de atuação nesse promissor mercado. Felizes e principescos são os caminhos da iluminação.

Direto de Amsterdã, Holanda: Na imagem vemos uma jovem peregrinando pelas praias sagradas de Bun-Shai-Tiun perto da filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A felicidade transcedental dialética, uma abordagem empresarial do mundo cármico gay dicotômico”, para 1.500 empresários holandeses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

segunda-feira, 28 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Administrando as plantas (anônimo)


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Encontra uma terra, adquire-a. Planta uma vinha com suas mãos com o ganho oportunista". A incapacidade dos governos em prover meios, para que suas economias se desenvolvam, é o principal motor do desespero humano e consequente busca por redenção divina nirvânica. Como seres adaptáveis, o caminhante oportunista é um profundo conhecedor de seu meio-ambiente. Vislumbra as oportunidades e ameaças, explorando-as ou combatendo-as. As pragas esotéricas são perceptíveias aqueles que tem fé. São pessoas e organizações que, através de um discurso laico, escondem sua natureza atéia. Um exemplo, desconfie, meu irmão, minha irmã, daquele que fala favoravelmente das Ferraris 599 mas vende Lamborghinis Spyder. Não há muito o que fazer nesses casos, a não ser denunciá-los nos meios de comunicação e criar piquetes na frente de suas lojas. Nós, "magos" não contamos com a fiscalização, mas temos um batalhão de advogados bem remunerados que esquadrinham as leis e processam aqueles potenciais ofensores. Em nosso chateau, estudando, meditando e bebendo uma taça de vinho francês, traçamos nossas estratégias. Administrados e plantados são os caminhos da iluminação, mesmo que anônimos.

Direto de Shuakhevi, Georgia: Na imagem dois líderes da filial local da Hector Hereeye Foundation antes da palestra, "A administração transcedental dialética, uma abordagem moderna da gestão financeira no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários georgianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

Alerta esotérico

O grande mago esotérico oportunista, Heitor Caolho, enviou uma mensagem urgente e inquietante. Leiam AQUI.

Tema de hoje: Da areia e da pedra


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Quem tem telhado de vidro não atira pedras no do vizinho". As trilhas esotérico oportunistas são terrenos ricos em dissesões. Quando vários caminhantes de fé caminham junto é natural, no afã da liderança e de recolher o máximo em doações, que surjam debates acalorados. É importante que aquele que almeja se sobressair tenha o mínimo de pecados em seu curriculum. Meu irmão, minha irmã, apontar defeitos dos outros, principalmente concorrentes na disputa por doadores generosos e abonados, só tem efeito prático se conhecerem a fundo o mercado e seus atores. Só assim irão chamar a atenção dialética. Nós, "magos", sugerimos uma estratégia ímpar. Escreva suas qualidades nas pedras do caminho e seus defeitos na areia das praias, abaixo da linha da maré. Assim, passarão a mensagem subliminar que são trilheiros sem medo e de coração aberto e, apagando-se os defeitos pela subida da maré, estes defeitos irão ser varridos de sua vida. Não se preocupem em corrigir defeitos, apenas passem a mensagem. Nosso chateau tem uma ampla sala, cheia de troféus e placas de homenagem, ao lado de nossa adega de vinhos franceses, onde o visitante se impressiona com nossas virtudes. Arenosos e empedrados são os caminhos da iluminação.

Direto de Echmiadzin, Armênia: Na imagem vemos um grupo de peregrinos japoneses migrantes realizando o ritual Kuan-ring-tin, na filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O caminho transcedental dialético, uma abordagem efervescente e dura do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários armênios. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sábado, 26 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Duvidando da existência de Deus


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O divino e o nirvânico são unos, antes da existência da humanidade dialética". Existem aqueles que duvidam da existência do divino nirvânico. Alguns mesmo combatem com vigor o trabalho esotérico oportunista. Contra esses seres sem fé deve, o caminhante engajado, mostrar os sinais do divino no mundo cármico. Mas somente aqueles que sejam abonados. Leve-os para uma volta em sua Ferrari 599 ou compre uma passagem naquele cruzeiro de 3 dias pelo Caribe. Mostra as notícias favoráveis, publicadas nos principais meios de comunicação, graças aos críticos venais e jornalistas tendenciosos que compramos. Empreste os livros publicados por editores gananciosos. Meu irmão, minha irmã, mesmo não vendo o divino nirvânico eles se convencerão da existência d'Ele. Os sinais são inequívocos. Nós, "magos", quando necessário, mostramos as dependências de nosso chateau, inclusive nossa adega de valiosos vinhos franceses, como prova da benevolênica astral superior. Duvidosos e existenciais são os caminhos da iluminação.

Direto de Mumbai, Índia: Na imagem vemos jovens peregrinos aprendendo os fundamentos da negociação dicotômica, levando a ajuda oportunista e recebendo algo em troca, nas cercanias da filial local da Hector Hereeye Foundation. Neste local proferi a palestra, "O existencial transcedental dialético, uma abordagem divina e indubitável do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Consultas oraculares serão publicadas na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sexta-feira, 25 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Deus e o amor do homem


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O amor do divino nirvânico é como fogo, que arde sem se ver". O verdadeiro caminhante de fé só alcançará o divino nirvânico se tiver determinação e amor. A determinação em levantar recursos financeiros é fundamental. Mas nada disso é possível sem dedicar-se à causa esotérica oportunista com paixão e amor. Somente experimentando todas as variações do tantrismo dialético, o caminhante poderá ter em sua alma a plenitude suficiente para ser bem sucedido na pregação aos generosos e abonados necessitados de ajuda. Meu irmão, minha irmã, pratiquem o amor, respirem o amor, amem o amor. Nós, "magos", temos um imenso coração. Nos dedicamos ao tantrismo com afinco, em nosso chateau e cercados por belas seguidoras e taças de vinhos franceses. Endeusados e humanos são os caminhos da iluminação.

Direto de Davos, Suíça: Na imagem vemos o board de juristas internacionais que nos representam em todas as demandas ao redor do mundo. Abaixo, em comemoração ao aniversário deste espaço virtual cármico, líderes de todo o mundo rendem homenagem a esse escriba e contribuem para a causa esotérico oportunista, transferindo vastos recursos para a Hector Hereeye Foundation. Durante a homenagem proferi a palestra, "O amor humano transcedental dialético, uma abordagem divina do subjetivo mundo cármico dicotômico”, para 1.500 banqueiros suíços. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.


A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quinta-feira, 24 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Do poder


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Nem tudo o que queremos, podemos. Nem tudo o que podemos, queremos". Diz uma antiga lenda sânscrita que um monarca decidiu ser bom. Em sua bondade permitiu que seus súditos mais leais pedissem o que desejassem, sem restrições. Rapidamente viu seus cofres se esgotarem, pois todos queriam riquezas. Desesperado, virou-se para o último súdito leal, um velho sábio, e pediu ajuda. "Por 3 reuniões diárias com vossa majestade posso indicar o melhor caminho", respondeu o sábio. Com a anuência do monarca, sugeriu que ele cortasse as cabeças dos súditos leais, que abusaram da sua confiança, e permitisse que as doações religiosas fossem abatidas do imposto devido pelo doador. Imediatamente foram executadas as sugestões, o monarca recuperou seu tesouro real e o sábio, um dos fundadores do esoterismo oportunista, conseguiu um poderoso canal de influência e aumentou significantemente o fluxo financeiro para seu templo. Meu irmão, minha irmã, nunca sejam os primeiros a desejarem algo para um poderoso. Observem as expressões daquele que doa e ouçam o que é pedido. Assim poderão explorar possibilidades inimagináveis. Nós, "magos", procuramos praticar a paciência cármica. Nosso chateau é um ótimo local para isso. E os vinhos franceses que bebemos são sempre perfeitos. Poderosos são os caminhos da iluminação.

Direto de Siddharthanagar, Nepal: Na imagem vemos os peregrinos na maratona anual de meditação dicotômica, promovida pela filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O poder transcedental dialético no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários nepaleses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quarta-feira, 23 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Da festa


Como trilheiro espiritual vos digo: "A vida é como um jogo de strip-poker; se você não consegue as cartas que esperava, pode mostrar sua habilidade tirando a roupa e encarando de frente o desafio". Sempre somos assombrados por dúvidas. E por aquela impressão, no fundo da alma cármica, que não somos bem-vindos nos locais onde pregamos. Essa sensação é normal. Afinal, nem todos são entusiastas do esoterismo oportunista. A inveja dialética existe e, na maioria das vezes, se sobrepõem às manifestações de apreço e envio de recursos financeiros. Não promova reuniões em ambientes fechados, isso impede que aqueles tímidos, mas generosos e ricos, doadores se sintam à vontade. A procura pela verdade divina e pela salvação nirvânica é intrínseca a todo ser humano. Cabe a você, meu irmão, minha irmã, traduzir isso em moeda forte. Nós, "magos", estamos em permanente festejo. Nosso chateau é repleto de alegria e satisfação tântrica. Assim, o vinho francês que bebemos fica mais saboroso. Festejados são os caminhos da iluminação.

Em tempo: Recebi um email intrigante do irmão Lerdo em Surtar. Neste email serviu como mensageiro dicotômico da manifestação de outros membros da Ordem Mundial dos Magos Esotéricos Oportunistas. Porém, duas vieram em linguagem cifrada. Tenho então o prazer de traduzir aqui as mensagens:

O grande Bhaktivedanta Praknon Tiahtin Jah disse: "dizei-lhe da nossa saudade de quando ele andou entre nós aqui". Agradeço essa manifestação de carinho oportunista e mando lembranças às 70 ninfas virgens que me ciceronearam durante minha estadia em seu templo. A experiência tântrica advinda me enche os olhos de saudades.

O grande Muhamed Ben Okusto, líder religioso da tribo afegã Pushtun, bradou: "TENSKTE TUAFE HARIO HONDA JAH". Ele manifesta suas dúvidas sobre a utilidade de uma Ferrari 599 nos altiplanos afegãos e diz que os utilitários da Honda são muito mais eficientes nas trilhas dos camelos tibetanos. Se é para ter um utilitário então atenha-se ao bom e velho Land Rover. Imbatível.

O atual líder da Ordem do Templo Ários, alerta: "KENTIN VEJEPA ULOKOELI OH". Traduzindo, os auditores fiscais da ONU estão revirando a contabilidade de alguns membros da Ordem. Já acionei meus advogados e contadores para deixar tudo em ordem. Obrigado meu grande irmão.

-------------------------------
Direto de Kuala Terengganu, Malásia: Na imagem vemos um grupo de peregrinos preparando-se para tarefas no hospital anexo à filial local da Hector Hereeye Foundation. Lá, proferi a palestra, "A festa transcedental dialética, uma abordagem orgíaca e necessária do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários malaios. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 22 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Da política


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Nem tanto ao céu nirvânico, nem tanto à terra dialética". O caminhante de fé deve fazer tudo ao seu alcance pelo esoterismo oportunista e na ajuda aos generosos e abonados necessitados. Mas nunca, jamais, em tempo algum, tomar partido, seja ele qual for, quando se tratar das relações com os governantes dos locais por onde passam. Meu irmão, minha irmã, é necessário o conhecimento das forças políticas envolvidas no ambiente que age. Façam alianças com a situação e a oposição, mas não deixem transparecer sua inclinação. O caminhante é antes de tudo um ser apolítico e apartidário. Nós, "magos", transitamos bem entre as figuras proeminentes da política local e mundial. Isso permite o permanente fluxo de recursos através das leis que ajudamos a criar. Nosso chateau e os vinhos que bebemos são quase totalmente isentos de impostos e taxas. Politiqueiros são os caminhos da iluminação.

Direto de Wayanad, Índia: Na imagem vemos um grupo de peregrinos que participaram do curso de economia política, promovida pela filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O político transcedental dialético, uma abordagem democrática do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

segunda-feira, 21 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Entendendo o sentido da trégua


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Confia no divino nirvânico de todo o teu coração, e não te estribes no teu próprio entendimento". Não há nada mais frustante, para o caminhante de fé, do que pregar no deserto. O esoterismo oportunista é feito de realizações, mas para isso é necessário que existam doadores generosos do outro lado do púlpito. Meu irmão, minha irmã, não há sentido nenhum em manter uma praça vazia. Ao perceberem que não há um rico manancial no seu entorno, mude de praça. Nós, "magos", não perdemos tempo com certas mesquinharias. Em nosso chateau, enquanto saboreamos uma taça de vinho francês, recebemos informações as mais variadas e identificamos os locais que valem a pena serem ajudados. Significativos e pacíficos são os caminhos da iluminação.

Direto de Phan Rang-Thap Cham, Vietnã: Na imagem vemos o board local da Hector Hereeye Foundation preparando um pronunciamento para nossos seguidores. Logo após proferi a palestra, "O entendimento transcedental dialético, uma abordagem pacífica sobre o sentido do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

domingo, 20 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O sal da terra


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Honra ao divino nirvânico com os teus bens e com toda a tua renda; e se encherão fartamente os teus celeiros, e transbordarão de vinho os teus lagares". O caminhante de fé sabe o valor espiritual que tem. Conhece o ambiente que o cerca, identificando os potenciais doadores, generosos e abonados. Levamos à sociedade a palavra divina nirvânica. Palavras de esperança e conforto. O mundo cármico seria muito sem graça se o oportunismo não existisse. Meu irmão, minha irmã, você faz a diferença contábil. Preocupe-se com seu trabalho e as recompensas surgirão, naturalmente. Nós, "magos", percebemos as angústias materiais dos que nos cercam. Trabalhamos contra a frustação da humanidade com afinco. Sabemos que nem todos podem ter uma Ferrari 599, razão pela qual consolidamos acordos com outros fabricantes de bólidos esportivos. Em nosso chateau, cercado de valiosos vinhos franceses, criamos uma forte rede de relacionamento, nos inserimos na sociedade e, quando solicitados, ajudamos nossos seguidores, a juros módicos. Salgados e terrenos são os caminhos da iluminação.

Direto de Savannakhet, Laos: Na imagem vemos monges peregrinos realizando o ritual Tuan-Tuan-rui nas terras da filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O sal transcedental dialético, uma abordagem material do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários laosenses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sábado, 19 de janeiro de 2008

Tema de hoje: As cartas apaixonadas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Onde se ganha o pão oportunista não se come a carne tântrica dialética". O caminhante esotérico não deve se deixar envolver em relacionamentos materiais ao realizar seu trabalho divino. Ao longo do caminho, somos tentados por todas as forças ocultas. Mesmo dentro dos templos existe a possibilidade da promiscuidade cármica. Meu irmão, minha irmã, a realização tântrica entre vocÊs deve ser evitada. É muito mais prazeroso essa realização com generosos e abonados doadores necessitados de ajuda. E mais lucrativo. Nós, "magos", repelimos a tentação. Em nosso chateau, sorvendo taças de vinhos franceses, atendemos apenas as peregrinas necessitadas. Cartográficas e apaixonantes são os caminhos da iluminação.

Direto de Põltsamaa, Estônia: Na imagem vemos o responsável, pela filial local da Hector Hereeye Foundation, em profunda meditação. Neste local proferi a palestra, "A paixão transcedental dialética, uma abordagem de como envolver o eu interior no trabalho divino no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários estonianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sexta-feira, 18 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Fugindo do leão


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Na guerra da concorrência esotérica as vezes a fuga é uma vitória". Certa manhã, durante o caminho Ao-Shu-man, fui envolvido, por uma horda de monges do templo Kin-Tui-rian, em louca disparada. Um dos ensinamentos oportunistas que aprendi é que a manada não tem direção nem propósito. Percebi que corriam amendrontados de um elefante enlouquecido. Apesar de estar vindo em minha direção não me movi. Reuni todas as minhas forças internas dialéticas, olhei diretamente nos olhos do elefante louco e dei-lhe um tiro com minha Remington .455. Ele tombou imediatamente. O júbilo dos monges foi uma dádiva que rendeu bons frutos, mas isso é outra estória. Meu irmão, minha irmã, a certeza nirvânica é a única certeza. A opinião unânime de 1.000 pessoas sem fé não representa a verdade. Os indicadores financeiros mundiais coligados são o sinal para ações dicotômicas. Não ajam precipitadamente. Nós, "magos", treinamos nossa frieza mental todos os dias. Em nosso chateau, bebendo nosso vinho francês e cercado por belíssimas seguidoras dadivosas refreamos nosso instinto para não vivermos mergulhados no tantrismo dialético. Não é bom para os negócios e pode render muitos processos de paternidade. Fugídios e leoninos são os caminhos da iluminação.

Direto de Kataragama, Sri Lanka: Na imagem vemos um grupo de jovens peregrinos na aguardando a palestra, "Os leões transcedentais dialéticos, uma abordagem holística dos símbolos do mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários srilankeses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quinta-feira, 17 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Dar também um pouco


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Dar ao divino o que é divino e ao seu guru o que é de seu guru". A temática de hoje é tântrica e voltada para nossas caminhantes de fé. Ao longo do caminho esotérico oportunista trabalhamos para amealhar o máximo de abonados e generosos necessitados de ajuda que contribuam com o divino nirvânico. Mas existe o outro lado da moeda. A doação é uma via de duas mãos, uma que vai e outra que volta. Cabe a cada uma de vocês tornar a via que volta engarrafada de recursos. Minha irmã, ao perceber que seus esforços dialéticos não estão sendo devidamente recompensados, doe-se mais. Convide aquele(a) potencial, e riquíssimo, doador(a) para um passeio em sua Ferrari 599 ou alguns dias em um cruzeiro pelo Caribe. Use as vestes utilizadas no curso de tantrismo dialético para incentivar a generosidade dicotômica. Ao comprar um crítico venal tenha a certeza que ele entendeu o recado, caso contrário chame um irmão espadaúdo. Nós, "magos", temos a clarividência cármica para perceber se uma doadora é sensível ao chamado da fé. Em nosso chateau, depois de algumas garrafas de festivos vinhos franceses, a verdade interior de cada um se revela. Doáveis e ínfimos são os caminhos da iluminação.

Direto de Hai Duong, Vietnã: Na imagem um dos sábios-peregrino prepara-se para seu retiro espiritual para a maratona anual de meditação dicotômica, promovida pela filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A doação transcedental dialética, uma abordagem generosa do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários vietnamitas. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quarta-feira, 16 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O desenho que seduzia


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Os símbolos servem para atrair mais peregrinos de fé e doadores generosos". Os símbolos esotéricos oportunistas são variados. Alguns materiais e outros intangíveis. O caminhante de fé deve conhecer profundamente esses símbolos para extrair o máximo de benefícios. Por exemplo, em toda filial da Hector Hereeye Foundation possuimos um caldeirão de ouro, ornado com vistosos diamantes. Simbolicamente representa a união cármica dos povos da humanidade e o desapego aos bens materiais, daqueles que querem abraçar a fé oportunista. Existe um ritual todo especial ao redor deste símbolo, que irei tratar em outra oportunidade. Não deve, porém, meu irmão, minha irmã, acreditar que tudo é símbolo. Uma Ferrari 599 é símbolo, um Porsche Carrera não. Um cruzeiro pelo Caribe é símbolo, atravessar o canal da mancha no inverno a nado, não. Nós, "magos", somos cercados de símbolos em nosso chateau. De riqueza e fertilidade tântrica. E de garrafas e mais garrafas de bons vinhos franceses. Desenhados e sedutores são os caminhos da iluminação.

Direto de Kampong Bahru, Cingapura: Na imagem vemos um grupo de jovens peregrinos em meditação dicotômica. Dois deles demonstram o ritual do Kung-Huai-fu. No local proferi a palestra, "A sedução transcedental dialética, uma abordagem manualmente desenhada do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários cingaleses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 15 de janeiro de 2008

Tema de hoje: A alegria e o amor


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Um coração alegre vale mais do que mil horas de palestra". O sucesso do caminhante esotérico oportunista está diretamente relacionado à rede de relacionamento que possui. Como se sabe, desde a antiguidade otomana, saber fazer amigos é influenciar pessoas. Um abonado e generoso doador satisfeito puxa outro e assim começa a cadeia da felicidade nirvânica. Mas, meu irmão, minha irmã, é preciso alegria e simpatia para se relacionar. Ninguém gosta de um sisudo e mal arrumado porta-voz das palavras divinas. Observe à sua volta. Quanto mais simpático for o caminhante mais pessoas estão à sua volta. Nós, "magos", vivemos em perfeita harmonia com nossa felicidade dialética. Somente assim podemos realmente desfrutar de nosso chateau, beber taças de alegres vinhos franceses e conhecer intimamente as doadoras abonadas que nos visitam. Alegrados e amorosos são os caminhos da iluminação.

Direto de Angkor Wat, Camboja: Na imagem vemos uma dupla de jovens peregrinos do programa de intercâmbio cármico, promovido pela filial local da Hector Hereeye Foundation. Neste local proferi a palestra, "O amor transcedental dialético, uma abordagem alegre e inimitável do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários cambojanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

segunda-feira, 14 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Amaldiçoando à toa


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A maldição do divino nirvânico habita na casa do pecador, mas ele abençoa a habitação dos honestos oportunistas". O caminho esotérico oportunista é um terreno pantanoso e cheio de armadilhas. O caminhante de fé deve se precaver contra as tentações. Nem todo necessitado bem-vestido é generoso e abonado. Nem toda mulher dadivosa é de graça. Ao cair em uma armadilha, meu irmão, minha irmã, aprenda com seu erro. Não transfira a culpa para quem não pode ser encontrado. E trate de repôr qualquer recurso que tenha sido gasto neste erro. Nós, "magos", mantemos uma auditoria ferrenha sobre as contas. Isso evita muitos problemas como fraudes. Em nosso chateau, bebendo um verdadeiro vinho frânces, aamaldioçamos com as pragas mais terríveis aqueles que burlam o divino nirvânico. Amaldiçoados e ociosos são os caminhos da iluminação, para aqueles que não tem fé.


Direto de Ahmednagar, Índia: Na imagem vemos um grupo de peregrinos em meditação dicotômica, nas dependências da filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "A ociosidade transcedental dialética, uma abordagem abençoada do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

domingo, 13 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O centésimo nome


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Esteja mais desejoso de ajuda interior do que da remoção da mão do divino nirvânico, quando em aflição cármica". Um caminhante oportunista deve se preocupar em ajudar o necessitado. Pelos motivos óbvios esse necessitado deve ser abonado e generoso. Não há virtude na falta de recursos. Porém, incentivamos a realização de projetos e administração dos recursos disponíveis espelhando-se no método espartano. Saber gerenciar os custos do dia-a-dia traz benefícios tangíveis no final do ano. lembro, meu irmão, minha irmã, que se destacar no competitivo mundo do esoterismo traz bônus nababescos. Não se tornem atores passivos do curso das ações. Aja pro-ativamente, ajudando e recolhendo as doações. Nós, "magos", gostamos de premiar nossos seguidores mais destacados. Uma semana em nosso chateau, na ala tântrica, servindo-se de infinitas taças de vinho francês. Centesimais e nomeados são os caminhos da iluminação.

Direto de Wayanad, Índia: Na imagem vemos um grupo de jovens peregrinos na maratona anual de meditação dicotômica, promovida pela filial local da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual proferi a palestra, "O centesimal transcedental dialético, uma abordagem nominal e intransferível do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários indianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sábado, 12 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Mais perto de Deus


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O caminho do pecador é reprovável ao divino, mas ao que segue a justiça financeira ele ama". O divino nirvânico é munido de infinita benevolência. Somos abençoados por contar com tanto entendimento dialético. Isso é especialmente útil quando cometemos deslizes. O caminhante esotérico oportunista deve estar atento aos seus atos. Desdenhar um generoso e abonado necessitado de ajuda somente por ele trajar roupas inadequadas, arranhar a marcha de uma Ferrari 599 ou passar da conta na bebida, durante um cruzeiro pelo Caribe, são pecados mortais no mundo dicotômico. A punição padrão, para estes casos, é voltar ao início do caminho, despido de seus recursos, já conquistados e transferidos, adequadamente, para seu guru preferido. Meu irmão, minha irmã, não deixe de ler as instruções e as letras miúdas. Nós, "magos", não somos infalíveis. Mas pensamos muito antes de agir, meditando em nosso chateau, bebendo uma santificada taça de vinho francês. Próximos e divinos são os caminhos da iluminação.

Direto de Monrovia, Libéria: Na imagem vemos um grupo de peregrinos arrependidos dirigindo-se para a filial local da Hector Hereeye Foundation, para o ritula de purificação redentora. No local proferi a palestra, "A proximidade divina transcedental dialética no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários liberianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta

sexta-feira, 11 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O vício (tradição belgo-hindu-otomana)


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Aquele que tem muitos vícios tem muitos senhores". Todo jovem almeja a fortuna e o sucesso. Mas em um mundo hostil e em constante transformação, poucas são as oportunidades. O jovem, então, começa um processo de distribuição do seu eu interior em várias frentes. Isso leva à falta de foco e pouco retorno financeiro. O divino nirvânico não impede que aqueles que tem fé sejam pró-ativos e determinados. Mas, meu irmão, minha irmã, não vê com bons olhos a multiplicidade de caminhos. Só há um caminho esotérico oportunista. Deixe-o vir até você. Nós, "magos", procuramos nos tornar unos com o divino. Em nosso chateau, sorvendo taças de viciantes vinhos franceses, praticamos o tantrismo dialético exatamente com esse fim. Viciados são os caminhos da iluminação.

Direto de Züünkharaa, Mongólia: Na imagem vemos um peregrino preparando-se para o ritual Bin-Su-mô, na filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A tradição transcedental dialética, uma abordagem viciante do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários mongóis. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

quinta-feira, 10 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Encontrei um violinista (tradição belgo-hindu-otomana)


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O pior surdo é aquele que não quer ouvir, ver, sentir, não quer comer, não quer trabalhar, enfim, não doa nada". O caminhante esotérico oportunista é antes de tudo um abnegado. De todas as virtudes que precisa possuir, para alcançar o divino nirvânico, a humildade, a perseverança, a lábia e o conhecimento profundo, dos tortuosos caminhos do fluxo financeiro internacional, são os mais necessários. Não pense, meu irmão, minha irmã, que a ajuda dialética é de fácil entendimento por todos. Os cegos, os surdos e os sem-recursos tradicionalmente desdenham dos esforços dicotômicos oportunistas. Não esmoreçam e serão recompensados. Pobres daqueles que não tem fé. Nós, "magos", exercemos nossa paciência. Tecemos nossa teia e aguardamos. Nosso chateau é equipado com todo o conforto, inclusive uma adega de vinhos franceses inestimáveis e valiosos. Encontrados e tradicionais são os caminhos da iluminação.

Do blog da irmã Mélica: Em tempos de início de ano somos soterrados, aqui na Hector Hereeye Foundation, por solicitações de conselhos os mais variados. O principal pedido é o que tange à liderança. Como alcançar os patamares elevados na hierarquia empresarial? Qual o real significado do sucesso financeiro? O que faz um líder para ser um líder? O poder corrompe? O poder seduz? Como motivar pessoas e criar uma equipe submissa? São essas as questões que assombram nossos seguidores. Em nossos seminários personalizados ensinamos que um líder nato precisa saber assumir o erro de sua equipe, sem, contudo, levar a culpa. É uma antiga arte suffi, praticada por alguns monges hindus. É muito fácil. Repita o mantra: "Nossa equipe fez uma burrada, já demiti o responsável e cobrimos pelo menos as despesas", 365 vezes. Essa forma de agir levará o seu ator a brilhar aos olhos de seus superiores. Mas tenha o cuidado de realmente cobrir as despesas da burrada. Uma auditoria nunca deve pegar o irmão ou irmã de calças curtas. Saudações.

Direto de Kapenguria, Quênia: Na imagem vemos um grupo de peregrinas, na filial local da Hector Hereeye Foundation, trabalhando pela isenção fiscal da Fundação. No local proferi a palestra, "A tradição transcedental dialética, uma abordagem mística e musical do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários quenianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

quarta-feira, 9 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Da criança


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É preciso uma aldeia inteira para educar uma criança, mas basta uma para arrecadar os recursos necessários para uma aldeia inteira". O caminhante esotérico oportunista de fé possui o entusiasmo juvenil em suas veias. Identifica, em cada momento, os milagres do divino nirvânico. A surpresa dialética transforma o eu interior e nos motiva a continuar nos surpreendendo. Um generoso e abonado necessitado é normal. Mas um que doe todos os seus recursos, incondicionalmente, é surpreendente. Nunca se canse, meu irmão, minha irmã, de comprar um crítico venal, adular um editor ganancioso ou deslumbrar um diretor televisivo. Encare cada vez como a primeira, e seu entusiasmo renderá bons frutos. Nós, "magos", acordamos todo o dia como se fosse o primeiro. São muitos os aposentos de nosso chateau para explorar e novos vinhos franceses para degustar. Sem contar as aulas sempre exuberantes de tantrismo dialético. Infantis são os caminhos da iluminação.

Direto de Katmandu, Nepal: Na imagem vemos um grupo de líderes da seita Wong-Tai-bin visitando a filial local da Hector Hereeye Foundation, em busca da isenção fiscal da Fundação. No local proferi a palestra, "O nascimento transcedental dialético, uma abordagem arrojada e juvenil da inserção do esoterismo oportunista no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários nepaleses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

terça-feira, 8 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Querendo dar o melhor


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É dando o nirvânico é que se recebe o tântrico". Meu irmão, minha irmã, o anseio interior pela posse de bens materiais deve ser combatido. Possuir por possuir leva, o caminhante de fé, à uma interpretação errônea dos desígnios do divino nirvânico. Devemos saber dividir em partes as bençãos sendo, no mínimo, 51% para nós e o resto pulverizado entre os que buscam a ajuda espiritual. Esta medida permite o controle do destino financeiro de nosso trabalho. Mas tenham cuidado. Certos necessitados devem ser adulados com benefícios intangíveis, porém dedutíveis do imposto devido. Nós, "magos", dividimos nosso pão e nosso vinho francês, com quem merece, em nosso chateau. Queridos e melhorados são os caminhos da iluminação.

Direto de Vale do Loire, França: Na imagem vemos uma das galerias de arte existentes na matriz da filial local da Hector Hereeye Foundation, para visitação dos peregrinos. Hoje proferi a palestra, "A melhoria transcedental dialética, uma abordagem mística do que há de melhor no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários franceses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

segunda-feira, 7 de janeiro de 2008

Tema de hoje: A morte como madrinha


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Existem caminhos que ao homem nirvânico parece direito e oportuno, mas o fim deles conduz à morte". Para se ter sucesso no caminho oportunista dependemos, às vezes, de acordos obscuros com entidades suspeitas. A penetração nirvânica, não a tântrica, deve passar pór cima dos obstáculos e só conhecendo os meandros culturais, políticos e financeiros, de cada rincão da humanidade, logramos êxito. Mas todo bom acordo esotérico deve, em princípio, ser uma via de mão dupla, onde chegam vastos recursos e saem benefícios dúbios. Cabe ao caminhante de fé convencer seus interlocutores, e seus advogados, da usabilidade dos benefícios auferidos. Não negue, meu irmão, minha irmã, a dívida contraída em contrato. mas somente pague quando não houver mais instâncias as quais recorrer. Nós, "magos", criamos uma teia de relacionamento pessoal para evitar problemas. Nosso chateau é palco de reuniões festivas, regadas à petiscos e taças de vinhos franceses os mais variados. Mortais e amadrinhados são os caminhos da iluminação.

Direto de Chinandega, Nicarágua: Na imagem vemos um grupo de peregrinas, na filial local da Hector Hereeye Foundation, trabalhando pela isenção fiscal da Fundação. No local proferi a palestra, "A morte transcedental dialética, uma abordagem mística e apadrinhada do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários nicaraguenses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

domingo, 6 de janeiro de 2008

Tema de hoje: A tradição oral


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A tradição oportunista é como uma seta apontando para o futuro dialético, nunca para o passado dicotômico". Os ensinamentos esotéricos oportunistas percorrem muitos caminhos, antes de chegar a todos os rincões da humanidade. As longas distâncias, as diversas culturas e interesses pessoais escusos são fatores de distorção das palavras do divino nirvânico. A seleção dos mensageiros é fundamental, portanto, para o sucesso do trabalho que executamos. Somos rigorosos e mantemos um amplo processo de auditoria em funcionamento. E, é claro, tudo está escrito e registrado. Meu irmão, minha irmã, ler os livros sagrados do esoterismo oportunista o deixará longe de dúbias palavras proferidas. Se houver alguma dúvida em algo dito, consultem nossas bibliotecas locais ou adquiram os livros inéditos e campeões de vendagem. Nós, "magos", estamos sempre registrando a inspiração divina, em nosso chateau, tradicionalmente acompanhado de uma taça de vinho francês. Tradicionais e orais são os caminhos da iluminação.

Direto do Quezaltenango, Guatemala: Na imagem vemos uma peregrina concluindo a demonstração de uma avançada técnica oral tântrica na filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A tradição transcedental dialética, uma abordagem oral do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários guatemaltecos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

sábado, 5 de janeiro de 2008

Tema de hoje: Das bananas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Uma banana podre apodrece todas as outras do cesto". O caminhante esotérico oportunista deve saber o momento certo de colher os frutos do seu trabalho. A abordagem, a um generoso e abonado necessitado, feita prematuramente pode botar a perder meses de trabalho. O mesmo vale para outros aspectos nirvânicos como a compra de críticos venais, adular editores gananciosos, demorar a sair de um mercado contrário à sua posição financeira ou enfiar uma Ferrari 599 em um poste na prmeira vez que a pilota. Paciência e ousadia. Haja como uma cascavel, meu irmão, minha irmã. Nós, "magos", somos abençoados com o dom de identificar os melhores momentos para agir. Em nosso chateau aguardamos, enquanto bebemos uma taça de vinho francês. Embananados são os caminhos da iluminação.

Direto do Tegucigalpa, Honduras: Na imagem vemos uma peregrina, demonstrando uma avançada técnica tântrica na filial local da Hector Hereeye Foundation. No local proferi a palestra, "A agricultura transcedental dialética, uma abordagem seminal do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários hondurenhos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

sexta-feira, 4 de janeiro de 2008

Tema de hoje: O universo e o homem


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Tudo o que existe no universo dialético é fruto do acaso tântrico e da necessidade oprtunista". O universo divino nirvânico é uma consolidação do todo esotérico oportunista e das contas espalhadas pelos rincões financeiros da humanidade. O caminhante de fé deve apreender esse todo e se unir, em comunhão dialética, às tendências dos mercados mundiais. Outrossim, deve preparar-se, todos os dias pela manhã, orando, para conquistar novos doadores generosos e encontrar brechas fiscais. Não é fácil, meu irmão, minha irmã, abrir uma filial de nosso templo, pilotar uma Ferrari 5999 ou adular um editor ganancioso. Nós, "magos", meditamos sobre o que move o universo da humanidade, em nosso chateau, observando o conteúdo de nossa adega de vinhos franceses. Universais e humanos são os caminhos da iluminação.

Direto do Bathsheba, Saint Joseph, Barbados: Na imagem vemos uma peregrina, da filial local da Hector Hereeye Foundation, se preparando para o grande concurso de Miss HHF 2008. No local proferi a palestra, "A humanidade transcedental dialética, uma abordagem universal do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários barbudos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

quinta-feira, 3 de janeiro de 2008

Tema de hoje: A respiração infinita


Como trilehiro espiritual, vos digo: "Orar ao divino nirvânico é a respiração da alma oportunista". O mundo cármico envolve o caminhante de fé como uma Ferrari 599 envolve seu piloto. Somos formados e transformados no eu interior pelo eu exterior dialético. Ao respirarmos enviamos para nosso corpo vibrações nirvâncias e divinas. O menor gesto ou ação do trilheiro tem um significado especial, pois não há nada mais extasiante do que sentir o cheiro de uma montanha de donativos generosos. Ou o cheiro dos vinhedos franceses ao nascer do sol. Meu irmão, minha irmã, tenha certeza que sua fé é um cobertor aquecido. Acolhedor e necessário. Nós, "magos", percorremos o mundo respirando. Sentimos a comunhão divina e tântrica. Mas nada se compara aos cheiros exalados pelas dependências de nosso chateau. Respirativos e infinitesimais são os caminhos da iluminação.

Direto do Kyoto, Japão: Na imagem vemos a filial local da Hector Hereeye Foundation, local onde proferi a palestra, "A eternidade transcedental dialética, uma abordagem respiratória de como criar o infinito aporte de recursos financeiros no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários japoneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

quarta-feira, 2 de janeiro de 2008

Três mulheres e seus filhos


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A beleza nirvânica é o poder pelo qual a mulher encontra o amante tântrico e aterroriza o marido". O caminhante de fé tem na família sua fortaleza. São seus pares e seus filhos que permitem que seu trabalho seja realizado com determinação. E procura, por outro lado, preservá-los do contato com as atividades esotérico oportunistas. A privacidade e ausência de testemunhas privilegiadas é um conforto, meu irmão, minha irmã, que não tem preço. Uma mulher com filhos irada é uma maldição que pode causar danos inimagináveis. Nós, "magos", acreditamos que quanto maior a percepção do valor de seus filhos, maior a pensão alimentícia que se pode conseguir. Em nosso chateau evitamos confrontos desse tipo. O vinho francês que bebemos fica muito mais saboroso quando sabemos que não pendências jurídicas. Mulheris e afilharados são os caminhos da iluminação.

Direto do Bancoc, Tailândia: Na imagem acima milhares de monges das mais variadas origens rezam em louvor a este escriba, por ocasião de seu 88º aniversário ontem, perto da filial local da Hector Hereeye Foundation, local onde proferi a palestra, "A maternidade transcedental dialética, uma abordagem holística de como criar filhos importantes para o mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários tailandeses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

A partir de hoje estarei respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta gratuita.

terça-feira, 1 de janeiro de 2008

Feliz aniversário, Mago!!!

Hoje comemora-se o 88º aniversário de meu nascimento. E, também, o 45º do meu psicógrafo Ricardo Rayol, editor do blog Jus Indignatus, sem o qual não seria possível levar a palavra esotérico oportunista aos leitores da humanidade. Como maior representante do esoterismo oportunista reproduzo aqui, orgulhosamente, algumas das homenagens ao redor do mundo:




Cidade do Vaticano, onde meu amigão do peito, e pupilo, Bento XVI, celebrou missa em minha homenagem.



Madrid, Espanha. O Rei Juan Carlos ordenou o vôo, de sua esquadrilha particular da fumaça, para homenagear este escriba.



Libourne, França, um dos principais centros esotéricos da humanidade, fogos e mais fogos.



Faixa de Gaza, Palestina. A principal mesquita local celebrou, em caráter extraordinário, a passagem do aniversário desse escriba.



Moscou, Rússia. Milhões de peregrinos daquela região afluiram às comemorações na cidade, muito tocante.



Zurich, Suiça, onde milhares de peregrinos acenderam um milhão de velas em homenagem à esse escriba



O tradicional Ogo-Ogo balinês também saudou este escriba



Monges do santuário Meiji rezam em homenagem a esse escriba, em Tóquio, a pedido do meu amigão do peito, o imperador Hiroito.



José Serra, um dos meus mais aplicados consulentes, homenageia esse escriba com uma revoada de balões.



Em Sidney, Austrália, os seguidores locais fizeram uma linda homenagem.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics