segunda-feira, 31 de março de 2008

O Fogo Consumidor Tântrico


“Em chamas voluptuosas do amor tântrico te consumirás. Jamais esquecerás do toque que o amor kundalínico te propiciará”.

Pergaminhos, Chap. I – Book V – Verse 3

sábado, 29 de março de 2008

ENTREPOSTO DE RENDA – DECLARAÇÃO DE AMOR FENÍCIA







As rotas marítimas dos antigos pioneiros oportunistas do tantrismo dialético originaram muitos entrepostos comerciais que, no início, tinham como oferta principal o papiro – importante meio para o desenvolvimento da escrita que despertava intenso intercâmbio entre os egípcios e os fenícios.




Mas foi a partir da invenção da púrpura, usada para tingir tecidos, que o os fenícios começaram se destacando na Antiguidade, uma vez que se passou a decorar com mais arte cada pedaço das especialíssimas rendas destinadas a vestir os belos corpos de princesas, rainhas e odaliscas com predominância de finos tecidos. Estes passaram a ser o alvo tanto de filósofos quanto de guerreiros.




O amor de uma bela mulher suscitava a elaboração de um belo tratado filosófico, com a mesma facilidade com que inspiraria os feitos heróicos de adagas com as quais se decepavam cabeças nas batalhas campais ou em alto mar.




Nos dias de hoje, todo esoterismo oportunista que se preze deve recomendar tecidos finos para uso em suas suntuosas cerimônias, ficando padronizada a cor branca como distinção de vestimenta para as instrutoras que tenham dedicação exclusiva bimestral aos seguidores iniciantes.

quinta-feira, 27 de março de 2008

Os Excluídos Tântricos


Na Idade das Trevas muitos reis opressores formaram conluios com a Igreja, tão somente no intuito de atribuir culpa aos homens e mulheres que mantivessem prática regular de acasalamento voltado para o prazer e realização pessoal.

O confisco de bens somou-se à imposição de penitências que incluíam até mesmo a entrega de parceiros ou parceiras à Inquisição.

Foram divulgadas versões horripilantes sobre um suposto pecado original, que seria caracterizado pela cópula que representasse apenas prazer em antítese à mera multiplicação da espécie.

Com isso, casais eram separados ou jovens filhas eram entregues às mãos de determinados sacerdotes maníacos, cuja sanha nada tinha de supersticiosa e, ao contrário, tinha a ver com a satisfação dos próprios instintos bestiais.

A natureza do prazer tântrico-dialético foi esquecida em nome do apaziguamento de um deus irado e implacável.

Meu irmão e minha irmã! Em nossos cursos de tantrismo dialético usamos recursos avançados que incluem a cromoterapia voluptuosa, onde a cor vermelha predomina nos ambientes durante o ritual. Ao final do treinamento com as diligentes irmãs peregrinas, é recomendado o exercício de despressurização anímica como lição de casa para aqueles casos crônicos dos que sentem medo de uma suposta punição divina em que a humanidade acreditou por conta da lavagem cerebral dos séculos opressivos.

Em nossas estatísticas podemos verificar uma queda acentuada no índice dos excluídos tântricos desde a década passada, em todo o mundo.

Chegou a Hora Nova, quando a luz kundalínica já começa a brilhar!

terça-feira, 25 de março de 2008

A Amora do "RUSH" - Uma Abordagem Holística








Diz a crença esotérica que no início de tudo não havia ansiedade ou depressão.





A pressa era a mesma coisa que conspirar contra a perfeição.





Até que alguém resolveu apressar a cultura das amoras ainda na fase flor.





Na ânsia pelo resultado, praticou-se sem atenção o amor a dois no meio do matagal.

E assim foi sufocado o brilho tântrico da relação.





O ser humano aprendeu a pressa como regra para tudo, baseando-se apenas no sabor transgênico da amora amadurecida por estímulo artificial.

Hoje, um dos antídotos contra a vida moderna estressante pode ser encontrado naturalmente através do cuidado maternal da amamentação. E isso é refletido na atração natural do bebê pelo seio materno, de onde extrai os anticorpos que durarão até que o ser humano alcance certa idade.

Escrevi sobre a simbiose da relação homem-mulher que lembra o seio materno em meu livro “T-Taciclina – A Volta às Origens”.


Nas imagens vishunianas acima vemos o simbolismo de dois recursos naturais da imunização orgânica, com origens nos ditames da Natureza.

Meu irmão e minha irmã, o mal dos nossos dias conhecido como “stress” pode ser combatido e até mesmo evitado.





As irmãs divulgadoras do tantrismo dialético esperam sua visita em uma das regionais da Hector Hereeye Foundation, para que possa aprender sobre nossas técnicas de combate ao Tetrapressismo Crônico destruidor do “clima” entre casais.

segunda-feira, 24 de março de 2008

Curso de tantrismo dialético - Recuse imitações


Somente a Hector Hereeye Foundation forma profissionais gabaritadas no tantrismo dialético, certificadas com selo de qualidade ISO 9069. Inscreva-se já e torne-se uma consultora da atividade que mais tem crescido no mundo material. Deixe seu recado nos comentários ou envie email para heitorcaolho@gmail.com. Em breve uma de nossas atendentes especializadas entrará em contato.

Primeira aula gratuita.

sábado, 22 de março de 2008

O BEIJO DA SEROTONINA - Ciência ou Religião?




Um estranho rebuliço espalhou-se pela primeira vez no Vaticano.
O Papa convocara um concílio extraordinário, uma espécie de Assembléia Constituinte dos santos, desta vez com a finalidade de se votarem novas regras para admissão das pessoas no Céu, quando morressem.
É que a Igreja estava sendo acusada de injustiças na formulação dos seus credos. Ela não havia acompanhado os avanços da Ciência e, assim, as pessoas estavam sendo ensinadas de forma errada sobre pecados e sobre Inferno e Purgatório. Era necessário, dizia o novo Papa, que fossem revistos os critérios sobre as penas eternas para dois pecados: a gula e o homicídio.
Tudo porque o Santo Papa Vráuzio Darela (que tinha sido médico “global” no Brasil) havia formulado um raciocínio espantoso, que tinha deixado a todos assustados com o novo significado que tudo assumiria dali por diante.
Como poderia a Igreja do século XXI sustentar que a gula representava uma culpa suficiente para levar pessoas ao Purgatório, sob risco até de irem parar no próprio Inferno, se a medicina já havia provado que tudo não passava de distúrbios glandulares que levavam a pessoa a comer mais do que precisaria para sobreviver?
E os homicidas? Pior, ainda. Como poderiam ser condenados ao fogo eterno, se eles são apenas vítimas de um certo desentendimento com essa tal de serotonina, aquele resíduo que segrega para dentro do cérebro, e cuja ausência acaba tumultuando o senso de equilíbrio deles?
Alegavam os críticos que seria preciso separar melhor as coisas, pois era uma questão de justiça - e de justiça divina!
E, levando em consideração que a Igreja tinha a obrigação de mostrar a verdade aos seus fiéis, nada mais justo do que rever certas posições!
O melhor mesmo era deixar que a própria lei dos homens cuidasse dessas falhas humanas, dizia Sua Santidade, pois a Justiça de Deus não iria barrar as pobres vítimas das glândulas e de distúrbios da falta de serotonina, quando batessem às portas do Céu.
Que vexame seria... achar que o ser humano poderia ser culpado, se seus atos eram apenas como os atos de um robô, por não poder desobedecer aos comandos das descargas químicas ou por lhe faltar serotonina no cérebro!
A coisa estava se complicando, porque, nesse caso, os portadores de comportamentos homicidas, por exemplo, poderiam pagar por alguns atos aqui na Terra, mas Deus certamente entenderia de outra forma, pois a própria medicina terrestre demonstrava claramente que tais pobres pecadores agiam como robôs sem qualquer poder de escolha entre os pensamentos bons e os ruins!
Corriam até notícias de que o grande Mel Gibson ia refazer o filme da Paixão, para colocar efeitos especiais mostrando as coisas que aconteciam nos cérebros da turba enquanto gritava “crucifiquem-no” – e com isso esse hollywoodiano iria se limpar da acusação que lhe pesava de anti-semitismo. E aquela cena de Pedro cortando a orelha do soldado romano com a espada? Dá até para imaginar aquela imagem de computador mostrando uma ultrassom da cabeça de São Pedro por dentro, com uma coisa azulada piscando, ficando só um pouquinho dentro do cérebro dele, instando-o para que ele puxasse aquela lâmina e a brandisse em direção à cabeça do coitado...!
A questão era que praticamente não se poderia saber se a pessoa tinha ou não condição de escolher pensamentos bons para cultivar! E se o sujeito fosse andando pela rua, despreocupado, contente, assoviando... e... (ZUPT!)... tivesse um vazamento de serotonina, por ter casualmente batido a cabeça?
E as pessoas que não vão à Igreja, que não freqüentam as missas, que não rezam... será que elas não são vítimas de uma causa orgânica ainda não descoberta? Será que não há uma substância ainda desconhecida que as obriga a somente pensar em futilidades?
Uma outra idéia ainda mais grave passava-se na cabeça de todos. Não seria melhor que todos os membros do clero fossem escolhidos através de rigorosos exames médicos capazes de detectar os distúrbios glandulares (por causa da gula) e as taxas de serotonina? Assim seria fácil de se saber quem tem (ou não) alta/baixa taxa de serotonina (benigna ou maligna, conforme o caso).


Aguardem os estudos que brevemente serão divulgados sobre o Tetrapressismo Crônico e sua relação com a serotonina.

sexta-feira, 21 de março de 2008

Áries - Horóscopo Anual Esotérico Oportunista

Áries, ou Shi Ao rong nos antigos tabernáculos hindu-chineses, representa o primeiro duodécimo astral do esoterismo oportunista.

Ao caminhante de fé, nascido sob este signo, alerto para que nos primeiros dias, do equinócio solar de 2008, tome cuidado para não fazer muita propaganda de si mesmo, como se fosse a salvação nirvânica para todos os problemas do mundo material. Tenha em mente que a característica marcante de seu signo é se desobrigar de atividades não-relacionadas com a aquisição de vastos recursos financeiros. Em março, seja honesto com os abonados e generosos necessitados de ajuda e encare-os de frente, sejam quais forem as conseqüências. Abril e maio são meses de grandes desafios para atingir as metas oportunistas, cabe a você torná-la realidade. Junho apresenta oportunidades incríveis para quem souber lidar com um pouco de pressão concorrencial, não esqueça que estaremos no meio do ano fiscal.

O ano de 2008 exigirá, do ponto de vista oportunista, maior amadurecimento e capacidade de planejar e arrecadar recursos. Não seja impetuoso, calcule com precisão cada centavo entregue pelos abonados e generosos doadores e tudo sairá a contento. Se o seu Ascendente é Áries as chances de crescimento espiritual são realmente muito promissoras e o mínimo que será exigido é chegar ao final do ano em posição melhor do que quando ele começou.

No campo amoroso, os arianos correm sério risco de se sentirem lesados. Cuidado com os cobradores e tenha ênfase no planejamento familiar, evitando aumentar sua prole e a quantidade de herdeiros a serem relacionados em testamento. É fundamental que você seja mais prevenido, use sempre os preservativos e contraceptivos aprovados pela Hector Hereeye Foundation. Dedique sua energia ao trabalho.

Sua alma estará, como sempre, totalmente voltada a ajudar o próximo. Comece colaborando com as pessoas mais chegadas. A Lua em Touro fortalecerá esse aspecto, lhe deixando mais sociável e arrecadador/a.

A curto prazo, se você estiver sozinho/a é bem provável que apareça alguém para lhe envolver com uma mágica tântrica. Abra as portas de seu coração, mas nunca as portas dos cofres, sem medo de ser feliz, mas sempre com cautela. A verdadeira felicidade está nas pequenas coisas e em parceiros/as descompromissados. Seja menos emotivo/a. O pragmatismo dicotômico é importante para vencer a concorrência desleal, amealhar críticos venais e adular editores gananciosos. Procure enxergar as coisas com os pés no chão, isso fará com que você progrida em seu trabalho.

quinta-feira, 20 de março de 2008

A bêbada e o oportunista




Uma conhecida lenda esotérico-tântrico-oportunista nos traz uma grande lição sobre os engodos das falsas promessas.


A bela (de sangue azul) Eapah Ihris Yhiltun sentiu-se encantada ao ouvir de um dos seus conselheiros sobre uma suposta fonte da juventude que se situaria dentro dos limites de um reino vizinho.


Foi dito também a ela que um tal elixir era extraído dessa fonte e estava sendo armazenado em latinhas, para ser utilizado por sua grande rival, cuja aparente juventude era de causar inveja.


De fato, mal se podia determinar qual seria a idade de Nissur Laandris... a mais desejada de todas as rainhas dos Reinos Unidos do Arquipélago Feroe.


O conselheiro Parmah Demetrius recomendou, então, que a bela Eapah lhe desse permissão para reunir uma tropa de habilidosos guerreiros com a missão de saquear o depósito onde estavam guardadas as latinhas com todo o elixir que ali existia.


Dias depois lá estava a bela invejosa Eapah Ihris Yhiltun de posse da bebida mística, que agora consumia vorazmente como se fosse água.


Não demorou para que essa ambiciosa herdeira do trono se pusesse a ordenar o envio de novas tropas de assalto, fulminada que foi pela dependência orgânica causada por aquele líquido.

Dois anos depois era celebrada a fusão entre os reinos das duas rivais, antigo sonho do esperto Parmah Demetrius.


Não, não pensem que Eapah Ihris Yhiltun havia se tornado rainha.


Ao contrário, a antiga "rainha rival" era agora senhora dos dois reinos, com a aparência física cada vez mais deslumbrante e conservada, enquanto comemorava o êxito do seu plano urdido juntamente com o seu amante Parmah Demetrius, o qual sutilmente havia construído o escândalo do nascimento de seu próprio primeiro filho com Eapah Ihris Yhiltun.


Isso mesmo, ele era durante todo o tempo amante da rainha que não envelhecia... e por essa razão teceu a trama que o tornou pai, como fruto do voluptuoso envolvimento amoroso também com Eapah Ihris Yhiltun que engravidou quando a ele recorria ao longo dos momentos de embriaguez dela ("pobre" rica princesa).


Ele, o conselheiro plebeu, na alcova com a princesa Eapah Ihris Yhiltun?


Sem problemas! Pois foi o mesmo conselheiro pecador oportunista, é claro, que sugeriu a fusão dos dois reinos para estancar a revolta do povo até então governado pela família real em cujo trono jamais estaria sentada a bela Eapah Ihris Yhiltun.

Moral da estória: nunca queira a água que o passarinho não bebe.

Alerta


Por questões de ordem pessoal e intransferível estarei ausente pelos próximos dias. Na imagem acima vemos a arquivista-chefe da Hector Hereeye Foundation que me ajudará nessa fase. O mago Ykhro, presidente da regional latino-americana, será o responsável até o meu triunfante retorno.

Saudações.

quarta-feira, 19 de março de 2008

Tema de hoje: Ser um canal


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A melhor coisa que você pode fazer por uma pessoa oportunista é inspirá-la dialeticamente". A energia nirvânica emanada do divino flui pelo corpo, do caminhante esotérico oportunista, trazendo conforto e determinação. Cabe a cada um de nós, "magos", aprender a utilizar essa energia e levá-la a cada irmão e irmã. Só assim os abonados e generosos necessitados de ajuda sentirão a firmeza dialética em nosso trabalho. Nosso chateau é um ponto único de energia. E os vinhos franceses que bebemos são um catalisador das dicotomias tântricas. Estados e canalizados são os caminhos da iluminação.

Direto de Brokopondo, Suriname: Na imagem acima vemos a cabeleireira-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reporta diretamente ao mago Ykhro, fazendo a cabeça de mais um abonado e generoso doador de recursos. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O canal transcedental dialético, as técnicas para enfrentar a concorrência desleal e conseguir produtividade no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários surimenhos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 18 de março de 2008

Tema de hoje: Da concentração


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O divino nirvânico jamais abandona seus produtivos filhos". Quando no caminho Ao-Shu-man, aprendi que não se deve pedir qualquer coisa ao divino. O esoterismo oportunista deve ser praticado com moderação. Cada passo deve ser estudado para representar o máximo em produtividade por doador. Somos avaliados constantemente nesse quesito. Se, no afã da ganância dialética, o caminhante tentar ousar além de sua capacidade cármica, que aguente as consequências. Como sempre digo, meu irmão, minha irmã, o olho grande não trilha o caminho da China. Nós, "magos", estudamos muito. Cada ação é preparada para causar o máximo de impacto financeiro positivo. Só assim, no conforto de nosso chateau, podemos desfrutar de nossos vinhos franceses, sem culpa. Concentrados são os caminhos da iluminação.

Direto de Le Lamentin, Martinica: Na imagem acima vemos a instrutora-chefe da academia de ginástica, da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reporta diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O concentrador transcedental dialético, as técnicas para enfrentar a concorrência desleal e conseguir produtividade no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários martinicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

segunda-feira, 17 de março de 2008

Tema de hoje: Do samurai vingador


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A vingança tarda mas não falha". O caminhante de fé é antes de tudo um guerreiro. Feroz, não deixa espaço para a concorrência. Não permite que abonados e generosos necessitados de ajuda e doadores potenciais enrolem na transferência de recursos financeiros. Cobra, duramente, os críticos venais e editores gananciosos. Não permite que sua Ferrari 599 seja multada. Nem que sua cabine, no transatlântico que o levará por um cruzeiro pelo Caribe, seja simples. Meu irmão, minha irmã, seja vingativo quando for ludibriado e o divino nirvânico os apoiará. Nós, "magos", lutamos por nossos ideais, por nosso chateau e pelos vinhos franceses que bebemos. Vingativos são os caminhos da iluminação.

Direto de Marigot, Guadalupe: Na imagem acima vemos uma peregrina iniciante do curso de tântrismo dialético, da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, conhecendo uma das turmas recentemente formadas. Após a confraternização proferi a palestra, "O guerreiro transcedental dialético, mil e uma técnicas para enfrentar a concorrência desleal no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários guadalupenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

(imagem chupinhada daqui)

domingo, 16 de março de 2008

Tema de hoje: Do verso II


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Pregar, arrecadar e coçar, é só começar". Entre as ferramentas de trabalho, do caminhante esotérico oportunista, a habilidade de citar provérbios, criar versos nirvânicos e discursar sobre temas dialéticos, é fundamental. As multidões que chegam em todos os templos espalhados pelo mundo, em todas as vertentes oportunistas, gostam de ouvir palavras de conforto para, em troca, doar seus recursos. Nós, "magos", aprimoramos essa técnica, em nosso chateau ao beber taças generosas de vinho francês, e oferecemos cursos avançados de oratória. Versados são os caminhos da iluminação.

Direto de Pointe Béhague, Guiana Francesa: Na imagem acima vemos a mecânica-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O verso transcedental dialético, mil e um poemas do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários franco-guianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sexta-feira, 14 de março de 2008

Tema de hoje: Do caminho II


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Errar é humanamente previsível. Repetir o erro é divinamente condenável". Sem delongas, façam do caminho esotérico oportunista sua casa, seu abrigo, seu restaurante, sua caixa forte. Procure, meu irmão, minha irmã, manter a retidão nirvânica e, logo, os abonados e generosos necessitados de ajuda começarão a chegar. Nós, "magos", nos sentimos muito à vontade, em nosso chateau, ao beber uma taça de revigorante vinho francês, após um dia tântrico exaustivo. Caminhantes são os caminhos da iluminação.

Direto de Valle de Colchagua, Chile: Na imagem acima vemos a guarda-florestal-chefe responsável pelos vinhedos da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O caminho transcedental dialético, mil e uma dicas para se dar bem no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários chilenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quinta-feira, 13 de março de 2008

Tema de hoje: Do caminho


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O bolso do homem propõe o seu caminho; mas o divino nirvânico lhe dirige os passos.". O caminho é o caminho. Ele é a rendenção para os espíritos inquietos que buscam a elevação espiritual. É o meio de vida terrena propiciado pelo divino nirvânico. É, meu irmão, minha irmã, a forma única de pilotar uma Ferrari 599, fazer um cruzeiro pelo Caribe, comprar um crítico venal ou adular um editor ganancioso. Tenham fé e tudo se resolverá. Nós, "magos", trabalhamos duro, em nosso chateau enquanto sorvemos uma taça de primoroso vinho francês, para que todos aqueles que abraçam a fé esotérica oportunista se sintam bem. Caminhados são os caminhos da iluminação


Direto de Sainte-Marie, Martinica: Nas imagens acima vemos a capitã e uma das tripulantes do iate da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportarão diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-las proferi a palestra, "O caminho transcedental dialético no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários martinicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quarta-feira, 12 de março de 2008

Tema de hoje: Do espelho II


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Uma frase dúbia é como um espelho opaco". O caminhante esotérico oportunista deve ter muito cuidado ao ingerir determinadas bebidas. Essa medida coibi certas cenas vexatórias como, por exemplo, aquela onde o caminhante acha que é ele mesmo disfarçado dele mesmo. Meu irmão, minha irmã, procure sempre beber o néctar dos deuses, oriundos das vinícolas autorizadas pela Hector Hereeye Foundation, e nunca terá problemas. Nós, "magos", não bebemos nada além do que nossos vinhos franceses, cuidadosamente armazenados na adega de nosso chateau. Espelhados continuamente são os caminhos da iluminação.

Direto de Rochambeau, Guiana Francesa: Na imagem acima vemos a chefe da brigada de incêndio da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O reflexo transcedental dialético, uma abordagem reflexiva sobre a imagem esotérica no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários franco-guianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 11 de março de 2008

Tema de hoje: Do espelho


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Olhe o espelho divino e verá um vencedor tântrico". A humanidade foi criada à imagem e semelhança do divino nirvânico. Este é um dos maiores dogmas de certas religiões conservadoras. No esoterismo oportunista entendemos que o indivíduo é uno. Uma peça única, cujo molde é descartado após a contrução do ser humano único. Meu irmão, minha irmã, a única semelhança que interessa ao oportunista é a que se refere aos recursos financeiros e à bondade dialética. Ao equilibramos as finanças, dos abonados e generosos doadores com a do restante da humanidade, estamos trazendo à condição primária todos aqueles que acreditam na fé espiritual dicotômica. O ônus de amealhar e gerenciar riquezas é parte integrante do caminho. Somente aquele que se dedica poderá suportar esse peso. Nós, "magos", sabemos lidar com a multiplicidade de recursos disponíveis em nossas contas, nosso chateau e os vinhos franceses que fazem parte de nossa adega. Espelhados s]ão os caminhos da iluminação.

Direto de Pointe Béhague, Guiana Francesa: Na imagem acima vemos a segurança-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará indiretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O mestre transcedental dialético, mil e uma respostas do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários guianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

segunda-feira, 10 de março de 2008

Tema de hoje: Das qualidades II


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Ao se desejar a montanha, só o cume interessa, tantricamente". O caminho esotérico oportunista é feito de altos e baixos. Nas alturas da montanha, temos a verdadeira dimensão do desafio que é levar a palavra nirvânica a todos aqueles necessitados de ajuda, principalmente os abonados e generosos. Deve, o caminhante de fé, entender que para se atingir o próximo cume é fundamental saber atravessar os vales entre eles. Nesse momento, meu irmão, minha irmã, somente um robusto colchão de recursos permite essa passagem sem problemas. Nós, "magos", conhecemos todos os vales e reentrâncias tântricas. Nosso chateau foi construído em um vale para lembrar-nos que, o vinho francês que bebemos, a vida é volátil e que uma enxurrada pode levar tudo de roldão. Qualificados, novamente, são os caminhos da iluminação.

Direto de Cormontibo, Guiana Francesa: Na imagem acima vemos a vice-arrumadeira-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará indiretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O mestre transcedental dialético, mil e uma respostas do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários dominicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

domingo, 9 de março de 2008

Tema de hoje: Das Qualidades


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O competitivo mercado esotérico quer qualidade". Quando começamos a trilhar o caminho esotérico oportunista devemos pensar no amanhã. O dia seguinte dessa histórica decisão é decisivo para o bem estar do caminhante. Naquele primeiro dia é fundamental a participação dos gurus. São eles que irão comutar o acólito e seu primeiro abonado e generoso doador. Sem este estímulo, o caminhante pode se tornar um seguidor pouco qualificado e não evoluir suas capacidades. O crítico venal não dará o devido valor. O editor ganancioso será muito ganancioso. Meu irmão, minha irmã, preste atenção na qualidade do apoio dialético. Nosso chateau e os vinhos franceses que bebemos são o espelho da qualidade que nós, "magos", exigimos. Qualificados são os caminhos da iluminação.

Direto de Guisanbourg, Guiana Francesa: Na imagem acima vemos a arrumadeira-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O mestre transcedental dialético, mil e uma respostas do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários dominicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

sexta-feira, 7 de março de 2008

Tema de hoje: Um mestre e duas respostas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Duvidar é mais esotericamente oportunista do que decidir". O caminhante de fé deve estar sempre pronto a responder qualquer pergunta. Mesmo aquelas consideradas capciosas. Não há nada nos escritos oportunistas que impeça o irmão ou a irmã de responder uma coisa em determinado momento e outra logo depois. Isso se chama "obliteração dicotômica". Somente assim podemos convencer os abonados e generosos necessitados que eles devem transferir recursos para suportar nosso trabalho. Não esqueçam que os críticos venais e editores gananciosos sempre buscam respostas diretas. Um talvez resolve. Nós, "magos", nunca deixamos uma pergunta sem resposta. Mas nada impede que a dúvida paire sobre nosso chateau e perdure, como o paladar de um inigualável vinho francês. Mestrados e respondidos são os caminhos da iluminação.

Direto de Puerto Plata, República Dominicana: Na imagem acima vemos a bartender-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O mestre transcedental dialético, mil e uma respostas do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários dominicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quinta-feira, 6 de março de 2008

Tema de hoje: A cor das faixas


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Em boca fechada não entra mosca". A humildade do caminhante oportunista é a maior arma que ele pode ter, para enfrentar os obstáculos dialéticos. Quando ostentamos demais atraímos a inveja da concorrência e a cobiça dos fiscais de impostos. Só demonstre os benefícios, advindos do trabalho esotérico, quando tiver certeza que seu interlocutor é realmente um abonado e generoso doador de recursos. Meu irmão, minha irmã, não há espaço para vaidades. Nós, "magos", nos esforçamos para que nosso chateau, e os vinhos franceses que bebemos, sejam os mais simples possíveis. Coloridos e enfaixados são os caminhos da iluminação.

Direto de La Romana, República Dominicana: Na imagem acima vemos a aeromoça-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la, proferi a palestra, "A faixa transcedental dialética, uma abordagem colorida do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários dominicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

quarta-feira, 5 de março de 2008

Tema de hoje: Khalil Gibran e a arte de dar


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É dando que se recebe". O caminhante de fé não deve ter preconceitos sobre a sexualidade de seus doadores. Mesmo não gostando de pessoas do mesmo sexo, deve atender a todos. Cada um tem seus anseios e problemas. Certa vez, no caminho Ao-Shu-man, presenciei a pregação de um sábio sobre o assunto. O tema central era "Cada um sabe onde dói o brioco". A platéia, na sua quase totalidade gays e lésbicas, aplaudiu ao final. E as contribuições individuais espontâneas foram 45% maiores que o grupo hetero presente. Meu irmão, minha irmã, recursos financeiros não tem pátria, não tem cheiro, não soltam as tiras e não tem opção sexual. Todos são bemvindos. Nós, "magos", recebemos em caridade, no nosso chateau, esses seres abençoados. Oferecemos uma taça de deslumbrante vinho francês e um curso especial de tantrismo dialético GLST com entendidos do ramo. Doadores e artísticos são os caminhos da iluminação.

Direto de Lima, Peru: Na imagem acima vemos a jardineira-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O doador transcedental dialético, uma abordagem artística do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários peruanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

terça-feira, 4 de março de 2008

Tema de hoje: Preparado para o adeus


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A verdadeira riqueza se consegue com sabedoria , bom senso e trabalho oportunista". Somos todos seres iluminados com a luz divina nirvânica. No trabalho esotérico as oportunidades vêm e vão. Cabe ao caminhante de fé aproveitá-las e não criar laços vitalícios. A caminhada é penosa, por isso, meu irmão, minha irmã, instruímos a todos que, na medida do possível e se o ambiente for favorável, abram filiais de nossa organização. Isso ameniza a dor de deixar um grupo de generosos e abonados necessitados para a concorrência. Mas não esqueçam de deixar para trás pessoal capacitado. Nós, "magos", tratamos cada uma das filiais como única. Só assim a prosperidade se perpetua. Nosso chateau é um quartel-general, nossa palavra é a arma e nossos vinhos franceses o combustivel que move montanhas. Preparados e despedidos são os caminhos da iluminação.

Direto de Basseterre, Saint Kitts e Nevis: Na imagem acima, duas irmãs peregrinas, assistentes do curso de tantrismo dialético, da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, posam com os restos mortais de um dos grandes precursores do esoterismo oportunista. Após a apresentação proferi a palestra, "O adeus transcedental dialético, uma abordagem preparatória do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários kitti-nevianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

domingo, 2 de março de 2008

Encontros e Abduções


Muitos esperam os visitantes espaciais.

Estão dispostos a pagar mico, até mesmo a gastar fortunas em viagens a lugares estratégicos do planeta.

Ora, meu irmão e minha irmã, fiquem aí mesmo onde estão! “Eles” já nos acharam!

O importante, agora, é saber que a nossa genética já foi melhorada o suficiente.

Carregamos os segredos oportunistas em nós!

Esboço a seguir uma aplicação prática do nosso beneficiamento genético para o prazer.

Na prática tântrica dialética nós não desejamos o que não é nosso. Se outra pessoa já conquistou alguém que você achava ser sua metade por direito... acalme-se! Olhe ao redor e sinta que tudo primeiramente já foi uma semente. Medite no seguinte verso kundalínico:

“Grita, grita, grita...! Cessou o meu sacrifício, cessou o medo de amar! Das estrelas eu tenho sido: do início ao fim, o meio.” Pergaminhos da Patagônia

Na meditação tântrica dialética nós não desprezamos os prazeres da boa companhia e do bom vinho. Você poderá dizer realmente que tudo é oportuno e providencial. O divino nirvânico não vê com bons olhos a autoflagelação. Não há faquires em nossos belos templos ao redor do mundo. Não ficamos olhando para o espaço em busca de resgate.

Por fim, a sabedoria ensinada do espaço (pelos mensageiros da Deusa Kundalini) orienta a venerável troca de energia tântrica entre o primeiro amante e a milésima parceira, tanto quanto entre a milésima amante e o primeiro parceiro.

Encontrados são os caminhos da iluminação.

sábado, 1 de março de 2008

Tema de hoje: Do perdão


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A vingança nirvânica é um prato que é servido frio. O perdão dialético sempre ficará para depois". Enquanto caminho pelo mundo material percebo muitas instabilidades cármicas. O caminhante esotérico oportunista é atacado em diversas frentes: o auditor fiscal, o concorrente desleal, o crítico venal traidor, o editor ganancioso faltoso, as oportunistas tântricas golpistas. A cada um deles deve, meu irmão, minha irmã, perdoar, mas não sem antes colocar na mídia as informações sobre os acordos que foram quebrados. Nós, "magos", adoramos dossiês. Em nosso chateau, ao lado da adega de vinhos franceses, temos os arquivos de todas as transações consideradas pouco éticas. Perdoáveis mas nem tanto são os caminhos da iluminação.

Direto de Pyongyang, Corea do Norte: Na imagem acima, vemos as manifestações de apreço na abertura da nova filial da Hector Hereeye Foundation. Lá proferi a palestra, "O perdão transcedental dialético, uma abordagem piedosa e jurídica do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários norte-coreanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics