quarta-feira, 5 de março de 2008

Tema de hoje: Khalil Gibran e a arte de dar


Como trilheiro espiritual, vos digo: "É dando que se recebe". O caminhante de fé não deve ter preconceitos sobre a sexualidade de seus doadores. Mesmo não gostando de pessoas do mesmo sexo, deve atender a todos. Cada um tem seus anseios e problemas. Certa vez, no caminho Ao-Shu-man, presenciei a pregação de um sábio sobre o assunto. O tema central era "Cada um sabe onde dói o brioco". A platéia, na sua quase totalidade gays e lésbicas, aplaudiu ao final. E as contribuições individuais espontâneas foram 45% maiores que o grupo hetero presente. Meu irmão, minha irmã, recursos financeiros não tem pátria, não tem cheiro, não soltam as tiras e não tem opção sexual. Todos são bemvindos. Nós, "magos", recebemos em caridade, no nosso chateau, esses seres abençoados. Oferecemos uma taça de deslumbrante vinho francês e um curso especial de tantrismo dialético GLST com entendidos do ramo. Doadores e artísticos são os caminhos da iluminação.

Direto de Lima, Peru: Na imagem acima vemos a jardineira-chefe da regional latino-americana da Hector Hereeye Foundation, que se reportará diretamente ao mago Ykhro. Após parabenizá-la proferi a palestra, "O doador transcedental dialético, uma abordagem artística do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários peruanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics