quinta-feira, 22 de novembro de 2007

Tema de hoje: Riqueza no outro mundo


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A riqueza oportunista, adquirida pela usura dialética, enche a vida do homem esotérico de amargura dicotômica". Meu irmão, minha irmã, estude profundamente a negociação holística, pois em muitas situações serão confrontados por seguidores olhudos. Por exemplo, como necessariamente, para ser um excelente caminhante de fé, as burras das filiais da Hector Hereeye Foundation devem estar abarrotadas de recursos financeiros, é comum que recebam pedidos inusitados como "emprestar uma quantia x". O divino nirvânico é justo. Quanto mais desprovido de recursos financeiros maior será a riqueza na vida além-túmulo. O inverso também é verdade. O uso da riqueza pedida pelo seguidor deve ser avaliada pelo retorno financeiro que trará. Proponha uma parceria societária (80% para a HHF e 20% para ele) caso identifiquem uma grande oportunidade de multiplicação dos recursos. Mas caso o uso seja destinado a saneamento básico, calçamento de ruas ou reformas obscuras, desviem do assunto com o provérbio acima. Nós, "magos", somos amplamente receptivos a propostas, desde que resultem em um retorno anual de, no mínimo, 100% do valor aplicado, descontados os impostos. Só assim teremos a tranquilidade de desfrutar de nosso chateau e dos ricos vinhos franceses que bebemos. Enriquecidos e mundiais são os caminhos da iluminação.

Direto da Shahdhara, Paquistão: Na imagem acima vemos um peregrino seguindo o ritual da mudez holística Buon-Kong-riu antes de acompanhar a palestra "A riqueza transcedental dialética, uma abordagem holística de como enriquecer no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários paquistaneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics