domingo, 4 de novembro de 2007

Tema de hoje: A árvore e seus frutos


Como trilheiro espiritual, vos digo: “Grandes árvores dão mais sombra do que frutos, enquanto a árvore boa não der bons frutos”. Quando caminhamos pelas trilhas oportunistas devemos separar o joio do trigo. No meio da multidão de necessitados desesperados somente aqueles que sejam generosos e abonados merecem especial atenção dialética. No mundo holístico os pobres apenas são os chamarizes de nosso trabalho dicotômico. Leve-os para um pequeno passeio em sua Ferrari 430 Spyder. Veja o efeito benéfico que isso trará. Logo irão transbordar os recursos financeiros inesgotáveis. Aprenda, meu irmão, minha irmã, que nem todos os frutos estão maduros para a colheita. Nós, “magos”, observando do alpendre de nosso chateau, sabemos exatamente a hora certa de colher a uva, para nosso vinho francês de cada dia, comprar um crítico venal ou adular um editor ganancioso. Arborizados e frutificados são os caminhos da iluminação.

Direto de Bolonha, Itália: Na imagem acima uma peregrina extasiada prepara-se para confessar seus pecados esotéricos para este escriba. Logo após proferi a palestra "A árvore transcedental dialética, uma abordagem holística de como escolher os melhores frutos filosóficos à luz do investimento cármico dicotômico”, para 1.500 empresários italianos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics