quarta-feira, 7 de novembro de 2007

Tema de hoje: A camponesa e o imperador


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Onde se ganha o pão não se come a carne". Meu irmão, minha irmã, um simples ato pode fazer a diferença entre a vitória oportunista ou a morte nirvânica. Somos todos movidos por interesses escusos. Cabe a nós, caminhantes esotéricos, esconder nossas razões e desvendar as razões alheias. Nessa busca encontrarão os verdadeiros e generosos abonados necessitados. Mas cuidado. Nossa ajuda espiritual pode ser tão avassaladora que os entes queridos, que cercam o alvo, podem querer provar da fonte do tântrismo dialético. Nesses momentos de intensa tentação, orem e tomem banhos de água fria. Nós, "magos", aprendemos que uma mulher saciada pode representar um obstáculo ao fluxo infinito de recursos. Somente atendemeos entes queridos, em nosso chateau, bebendo um intrigante vinho francês, se acompanhados de seus respectivos familiares. Campesinos e imperiais são os caminhos da iluminação.

Direto de Louvain-la-Neuve, Bélgica: Na imagem acima um grupo de peregrinas, do templo Xu-Kuo-kuan, prepara-se para uma romaria antes da palestra "Os camponeses transcedentais dialéticos, uma abordagem holística da relação de poder no estado cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários belgas. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics