segunda-feira, 26 de novembro de 2007

Tema de hoje: A prece


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Prece de pobre é mais um pedido; A prece de um generoso abonado é prioridade". Em nossa ânsia de ajudar ao próximo esquecemos das motivações que nos levaram a trilhar o caminho esotérico oportunista. A comunhão com o divino nirvânico é um conjunto de atos. Ajudar ao generoso e abonado necessitado, orar em silêncio meditativo, contemplar as obras naturais, pilotar uma Ferrari 599, viajar pelo Caribe à bordo de um transatlântico, driblar os impostos escorchantes, comprar um crítico venal e adular um editor ganancioso, são exemplos claros e cabais dessa comunhão. Mas deve, meu irmão, minha irmã, olhar, antes de tudo, para seu eu interior e descobrir se tuas necessidades pessoais estão sendo atendidas. Nada mais desestimulante do que passar necessidade no trabalho dialético. Então, nunca deixe de consultar-se com os seus guias preferidos. Eles darão todo o apoio e uma porção de caviar de legítima beluga, para manter sua determinação forte e inexorável. Nós, "magos", aprendemos que a oração holístca nos torna mais humanos, enquanto divinos. No nosso chateau, próximo à adega de celestiais vinhos franceses, temos uma pequena capela para pedir orientações oportunistas. Nunca as escutamos, mas sabemos que existem. Oratórios são os caminhos da iluminação.

Direto de Muzaffarabad, Paquistão: Na imagem acima vemos peregrinos extasiados aguardando minhas palavras de fé antes da palestra "A prece transcedental dialética, 1001 maneiras de comungar com o divino no mundo cármico dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários paquistaneses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics