segunda-feira, 18 de fevereiro de 2008

Tema de hoje: Do sagrado no profano


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Há diversas formas de comungar com o divino nirvânico, encontre a sua". Ao realizar um trabalho no plano material muito dos caminhantes de fé não captam que essa ação os aproxima com o plano superior. O simples gesto de plantar uma gramínea pode ter diversas interpretações. Você, meu irmão, minha irmã, deve treinar seus sentidos e sua sagacidade para demonstrar aos abonados e generosos colaboradores que a transferência de recursos e a participação em atividades coletivas tem um profundo fundo espiritual. Assim, eles estarão tranquilos para desempenhar suas atividades com desenvoltura e consciência limpa. Nós, "magos", bebemos o vinho francês que possuímos em taças especialmente produzidas, que à primeira vista é considerado um gesto profano mas que possuí um apelo espiritual importante. O tanino do vinho francês nos eleva. E nosso chateau é o local apropriado para esta elevação. Sagrados e profanados são os caminhos da iluminação.

Em tempo: O presidente para a América Latina, da Hector Hereeye Foundation, "mago" Ykhro, dentro do espírito democrático do esoterismo oportunista, adquiriu um Zonda F Clubsport, da Pagani, com 659 cavalos. Esta aquisição demonstra que a caminhada tem suas recompensas, apesar que, como conhecedor profundo do mundo automobilístico, preferir, ainda, as Ferraris.

Direto de Cancún, México: Na imagem acima vemos um grupo de peregrinos realizando o ritual tântrico do Bian-Ting-rui, perto da filial local da Hector Hereeye Foundation. Na sequência proferi a palestra, "O sagrado transcedental dialético, uma abordagem profana do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários mexicanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics