quarta-feira, 20 de fevereiro de 2008

Tema de hoje: Do jardim em Copacabana


Como trilheiro espiritual, vos digo: "O conhecimento é como um jardim: se não for cultivado, não pode ser colhido". Nós, caminhantes esotéricos oportunistas, somos a luz para mihções de necessitados de ajuda. Somos o farol, o sol, o jardim, que aquece os corações desesperançados. Mas sabemos, meu irmão, minha irmã, que a inveja cármica tem, nestes momentos, toda a virulência dialética. Cabe a cada um tentar convencer os opositores da palavra nirvânica, do seu valor. Se esta dicotômica situação não for sanada de bom grado, recorra ao nosso departamento jurídico e processem aqueles que querem podar a evolução humana. Nós, "magos", não temos registros, em nosso chateau, de processos perdidos quando a causa é justa e a lei recebe uma força material para olhar, com isenção, nossas demandas. Os vinhos franceses que enviamos regularmente, aos principais tribunais superiores ao redor do mundo, são bem aproveitados. Floridos e principescos são os caminhos da iluminação.

Direto de Budapeste, Hungria: Na imagem acima vemos um grupo de peregrinos realizando o ritual maia da pirâmide humana, um dos mais importantes rituais da cultura pré-colombiana, perto da filial da Hector Hereeye Foundation. Após o ritual, proferi a palestra, "O jardim transcedental dialético, uma abordagem realista do mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários hungaros. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça.

Estou respondendo às consultas oraculares na seção Espiritualidade/Mago Responde do "O Pensador Selvagem". Enviem por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou acessem AQUI e façam sua consulta.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics