quarta-feira, 25 de julho de 2007

Tema de hoje: A reflexão


Como trilheiro espiritual, vos digo: “O divino deu duas orelhas e uma boca ao homem e em boca fechada não entra mosca”. Meu irmão, minha irmã, nunca é demais lembrar o sábio ensinamento esotérico oportunista do silêncio. No caminho Ao-Shu-man devem praticar essa virtude. O silêncio possibilita que ouça mais e fale menos. O silêncio permite que analise, no âmago do seu ser, as possibilidades que se abrem no mundo nirvânico. O silêncio impede que os invejosos saibam sobre seus planos para adquirir a Ferrari 430 Spyder dos seus sonhos ou o cruzeiro pelo Caribe que tanto almeja. Nós, “magos”, não contamos nossos planos de evolução. Não dizemos quem são os críticos venais que compramos, os editores gananciosos que adulamos nem os diretores televisivos que deslumbramos. Somos uma rocha pétrea de retidão. As paredes da adega, de maravilhosos vinhos franceses, em nosso chateau, são nossos confidentes. Reflexivos são os caminhos da iluminação.


Direto de Qamdo, Tibet: A imagem acima é de um dos magos da Ordem de Magos Esotéricos Oportunistas, em seu templo, meditando pela superação do homem sobre o material. Nesse local proferi a palestra "O tântrismo nirvânico, uma abordagem reflexiva heterodoxa sobre a importância do dicotômico dialético", para 1.500 empresários tibetanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics