segunda-feira, 9 de julho de 2007

Tema de hoje: Do que não é importante


Como trilheiro espiritual, vos digo: “Mais fácil um camelo passar por um buraco de agulha do que críticos venais e editores gananciosos entrarem no reino dos céus”. Meu irmão, minha irmã, em sua caminhada haverá o grande momento da decisão. Irão se transformar em verdadeiros “magos”, serão simples acólitos de alguma seita esotérica ou abraçarão a verdadeira fé oportunista, representada pela Hector Hereeye Foundation? Se escolheram a primeira hipótese saibam que não é uma tarefa fácil. Ser um “mago” representa muito mais do que levar a palavra aos necessitados. Administração de fartos recursos financeiro, habilidade em escrever muito sem dizer nada, facilidade em criar uma poderosa rede de relacionamento, sagacidade em identificar críticos venais e editores gananciosos e, por último, nenhum pudor em comprar o crítico ou adular o editor. Saiba que um bom crítico venal é capaz de escrever calhamaços de informações enaltecendo as produções mais inescrupulosas. Especialmente útil quando se quer publicar um livro inédito. Nós, “magos” bem sucedidos, utilizamos todos os artifícios para possuir um belo chateau e abastecê-lo de saborosos vinhos franceses. Negados e importantes são os caminhos da iluminação.

Direto de Las Vegas, Estados Unidos: A imagem acima é de peregrinas emocionadas com as palavras que proferi em minha palestra "O verdadeiro não tântrico nirvânico, uma abordagem sobre a importância da dicotomia dialética", para 1.500 empresários norte-americanos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics