terça-feira, 14 de agosto de 2007

Tema de hoje: O mistério dos encontros


Como trilheiro espiritual, vos digo: “E eis que uma mulher lhe saiu ao encontro, ornada à moda das prostitutas, com muito dinheiro no bolso e astuta de coração”. Graças ao divino, e a uma substancial propina, aprontaram meu jato executivo em tempo recorde. No caminho esotérico oportunista terão a oportunidade de fazer o bem. Mas alguns caminhantes, sem muita fé, erram ao acreditar que somente os bem-vestidos e bem-apessoados são verdadeiros e ricos contribuintes. Não deixem de fazer o bem aos andrajosos e mal-cheirosos. Pode ser que seja um biliardário excêntrico em busca de redenção. Se por acaso falhar nessa identificação não se desespere, meu irmão, minha irmã, faça a volta em sua Ferrari 430 Spyder, ou no bólido esportivo de sua preferência, e dê uma carona ao desajustado. O banco do carona, além de confessionário, é uma excelente ferramenta de convencimento nirvânico. Nós, “magos”, realizamos um teste infalível, no salão de recepção de nosso chateau. Servimos um raro vinho francês e observamos a forma que o alvo percebe o seu bouquet. Misteriosos e encontráveis são os caminhos da iluminação.

Direto de Bali, Indonésia: Na imagem acima peregrinas, em êxtase, se cobrem de felicidade pela oportunidade de ouvir as palavras proferidas por este escriba, após uma longa sessão de tantrismo dialético. Aproveitei a última noite e proferi a palestra "Os mistérios do encontro nirvânico dicotômico, uma abordagem misteriosas dos encontros dialéticos" para 1.500 empresários balineses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics