sexta-feira, 24 de agosto de 2007

Tema de hoje: Norma e as coisas boas


Como trilheiro espiritual, vos digo: “As quatro coisas que não voltam para trás: A pedra atirada, a palavra dita, a ocasião perdida, e o tempo passado”. Em nossas caminhadas devemos ter em mente que a atitude positiva, diante de desafios, é que torna o trabalho esotérico oportunista tão lucrativo. A cada novo dia iremos conquistar mais um degrau, em direção ao nosso bólido esportivo ou cruzeiro pelo Caribe. Essa expectativa serve de mola propulsora na ajuda aos necessitados. Anote em cada folha do calendário quanto deseja captar em recursos, use metas realistas e o divino nirvânico se encaminha do resto. Ao se sentir cansado e preocupado procure os conselhos do seu guru preferido. Eles nunca falham. Nós, “magos”, trabalhamos com planilhas eletrônicas onde mantemos nossas metas desejadas e atingidas em dia. Só assim podemos desfrutar da harmônica vida em nosso chateau e o sabor do esfuziante vinho francês que bebemos. As coisas são boas no caminho da iluminação.

Em tempo: Para espantar a solidão: Olhe sempre com atenção os passantes que trilham os mesmos caminhos que você, meu irmão, minha irmã. Eles podem ser fonte de inspiração e trazem calor humano, e eventualmente recursos inesgotáveis, ao árduo trabalho oportunista. Ao perceber um aglomerado de pessoas jamais o evite. Nele podem estar valiosos contribuintes para a Hector Hereeye Foundation. Espantosos e solitários são os caminhos da iluminação.

Direto de Corvera de Asturias, Espanha: A imagem acima são de peregrinas do templo Shi-Tan-ning louvando esse escriba antes da palestra “As boas coisas dialéticas nirvânicas, uma abordagem solitária do relacionamento dicotômico”, para 1.500 empresários espanhóis. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics