quarta-feira, 29 de agosto de 2007

Tema de hoje: A mulher que comia livros


Como trilheiro espiritual, vos digo: “O esoterismo oportunista é o mais intenso tipo de individualismo nirvânico que o mundo já conheceu”. Certa vez, no mosteiro Kong-Shun-du das monjas Shen-Shu-fu, fui convidado a autografar um dos meus doze livros inéditos. Foi uma grande honra esotérica oportunista esse convite. Meu irmão, minha irmã, nunca despreze a oportunidade de divulgar sua missão, sua fé e o número de sua conta bancária e a do seu guru preferido. Atenda aos mais bizarros pedidos de autógrafos, mesmo que seja para dedicar o seu trabalho ao iguana de estimação. Não permita, é claro, que saiam sem pagar. Se o evento for nababesco, cobre adiantado. Nós, “magos”, somos altruístas e agimos com o coração, mas nosso chateau e sua adega de vinhos franceses não brotam do chão. Infantis e bibliotecários são os caminhos da iluminação.

Direto de Trondheim, Noruega: A imagem acima é de uma peregrina se banhando nas águas sagradas de Tien-Run-nuang após uma sessão de tântrismo com esse escriba. No local proferi a palestra “A alimentação dialética nirvânica, uma abordagem educativa e espiritual dos fundos emergentes dicotômicos”, que proferi para 1.500 empresários noruegueses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics