domingo, 5 de agosto de 2007

Tema de hoje: Chegar a Deus pela comida


Como trilheiro espiritual, vos digo: “Do prato à boca, se perde a sopa”. Meu irmão, minha irmã, ao caminhar pelo esoterismo oportunista não fique tentado a encontrar logo com o divino. Cada coisa a seu tempo. Não adianta, por exemplo, atirar sua Ferrari 430 Spyder contra um poste. Ou pular do transatlântico no qual faz aquele cruzeiro maravilhoso pelo Caribe. Essas ações desesperadas denotam fraqueza e não são necessariamente garantia de encontro com o nirvana dialético. Nós, “magos”, jamais abreviamos nossa vida material em detrimento da viagem do espírito. Temos ainda muito que aproveitar de nosso chateau e dos vinhos franceses fabulosos que o abastecemos. Chegados e comestíveis são os caminhos da iluminação.

Direto de Bremerhaven, Alemanha: A imagem acima é de uma peregrina colaborando na divisão igualitária do líquido sagrado Gan-Shu-rong na filial local da Hector Hereeye Foundation, logo após a palestra “A chegada tântrica nirvânica, uma abordagem gastronômica das interações entre o humano dialético e a natureza dicotômica”, que proferi para 1.500 empresários alemães. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics