sábado, 30 de junho de 2007

Tema de hoje: Qual o maior luxo


Como trilheiro espiritual, vos digo: “O luxo irrita a inveja, sem atrair o respeito”. Certa vez, encontrei-me com um grande sábio, Si-Li-tai, um ícone da magia esotérica oportunista. Como oportunista amealhou, ao longo de sua vida de trabalho divino, uma enorme fortuna e, ao lado de seu castelo principesco, construiu um templo. Afluíram em profusão candidatos a monges, sabedores do enorme poder espiritual que emanava de seus cofres. Direi que não me interessou muito, pois nessa época já estava com grandes recursos em meu poder. Mas, conversando com ele uma bela lição aprendi. Não é o bólido esportivo, a viagem de navio ou estar cercada(o) de belas(os) mulheres(homens) os maiores luxos. Os maiores deles são possuir uma Ferrari 430 Spyder, fazer um cruzeiro pelo Caribe e as pessoas, que o cercam, serem estonteantes, mas não gananciosas. Um séquito de críticos venais e editores ávidos por dinheiro são apenas um complemento. E viver em um chateau, abastecido por vinhos franceses de primeira, é um pequeno conforto que nós, “magos”, nos damos. Maiores e luxuosos são os caminhos da iluminação.

Direto de Sanur, Bali, Indonésia: A imagem acima é do rochedo branco sagrado, local de peregrinação, e ao lado de onde proferi a palestra “O luxo como caminho divino esotérico, uma abordagem exploradora nirvânica dialética dicotômica da captação de recursos financeiros" que proferi para 1.500 empresários balineses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários. Conheçam o orkut do mago, link ao lado.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics