segunda-feira, 18 de junho de 2007

Tema de hoje: A essência da liberdade


Como trilheiro espiritual, vos digo: “A liberdade é mais destruída pelos seus excessos que pelos seus inimigos”. Tive a oportunidade, no caminho Ao-Shu-man, de me encontrar com o grande sábio Fan-Wei-kuo. Como todos sabem este sábio passou por terríveis provações. Por recusar-se a comprar críticos venais e adular editores gananciosos, foi relegado ao limbo literário esotérico. Seus livros, que contém profundos ensinamentos, ficaram encalhados. Alguns nem ao prelo foram. Após algum tempo teve que começar a se livrar de seus bens para se manter. Algumas mansões espalhadas por balneários da moda. Uma frota de bólidos esportivos. Uma adega com vinhos excepcionais. Foi com pesar que se desfez, mas refletiu com vagar sobre o fato. “Não importa ser um marco no campo divino esotérico oportunista, pequeno Ai-Tian-rui, o importante é ser bem sucedido editorialmente e amealhar incontáveis recursos. Mas não posso reclamar, ainda posso manter meu padrão de vida ascético sem problemas, isso não me tiraram”, me confessou filosoficamente. Meu irmão, minha irmã, a vida espiritual é cruel com aqueles que não se moldam aos desígnios divinos. Não questionem as ações que devem tomar para se tornarem grandes trilheiros, simplesmente aceitem. Nós, “magos”, aceitamos bem as oportunidades. Disso depende a manutenção de nosso chateau e o abastecimento de nossa adega de espetaculares vinhos franceses. Essenciais e liberais são os caminhos da iluminação.

Direto de Munich, Alemanha: A imagem acima é de peregrinas assistindo a palestra virtual “Caminhos essenciais dialéticos, uma abordagem nirvânica da dicotomia sucesso/fracasso no mundo dos negócios” que proferi para 1.500 empresários alemães. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários. Conheçam o orkut do mago, link ao lado.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics