sexta-feira, 21 de dezembro de 2007

Tema de hoje: Sobre o ciúme


Como trilheiro espiritual, vos digo: "Quando a esmola dialética é enorme, o divino nirvânico desconfia". Ao escolher o caminho esotérico oportunista, o caminhante de fé deve se livrar de sentimentos mesquinhos. O apego a certos sentimentos mundanos, como generosidade e desprendimento só é válido na busca por necessitados de ajuda que possam pender a balança fiscal a seu favor. Nesses encontros não seja efusivo demais, não demonstre sua ânsia dicotômica. Perceba a pureza da situação e aja de forma suave. Leve-o para um passeio em sua Ferrari 599. Mostre-lhe as dependências da Hector Hereeye Foundation e, onde são praticadas as aulas de tantrismo, peça a ajuda de um dos instrutores para uma aula grátis. Depois disso tudo tenha certeza, meu irmão, minha irmã, que o necessitado de ajuda irá, de coração aberto, assinar qualquer declaração de recebimento de doações que quiser. Nós, "magos", não nos apegamos a bens materias. Sabemos que nossos recursos permitem a aquisição de novos chateaus e adegas de vinhos franceses. Enciumados são os caminhos da iluminação.

Direto do Klosterneuburg, Austria: Na imagem acima vemos uma peregrina, desesperada e apelando para o bom sentimento divino oportunista, tentando chegar na festa de natal da matriz da Hector Hereeye Foundation. Logo depois proferi a palestra "O ciúme transcedental dialético, uma abordagem holística de como combater os sentimentos mundanos e prejudiciais no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários austríacos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics