segunda-feira, 17 de dezembro de 2007

Tema de hoje: Da delicadeza com a humanidade


Como trilheiro espiritual, vos digo: "A humanidade esotérica transformou-se em uma grande família tântrica, tanto que não podemos garantir a nossa própria prosperidade oportunista se não garantirmos a prosperidade dialética de todos. Se você quer ser feliz, precisa resignar-se, dicotomicamente, a ver os outros também felizes". Quando meu amigão do peito, Buda, passou desta para o plano divino nirvânico melhor, muitas foram as lágrimas derramadas. Um grande cara, o Buda. Um exemplo, pelo lado estritamente religioso, que todo caminhante esotérico oportunista deveria seguir. É claro que a realidade dialética não era a especialidade dele. Rogo a você, meu irmão, minha irmã, que não dê as costas para as multidões necessitadas de ajuda. Entre eles sempre haverão os generosos e abonados e outros, os que nos permitem abater somas cavalares do Imposto de Renda devido. Apreciem a vista e tenham sempre uma palavra de carinho, um incentivo oportuno e as mãos livres para receberem recursos financeiros. Nós, "magos", sempre temos um tempinho para escutar a humanidade sofrida. Depois, relaxamos horas a fio em nosso chateau, acompanhados por robustas taças de vinho francês. Delicados e humanitários são os caminhos da iluminação.

Direto de Porto-Vecchio, Córsega: Na imagem acima vemos mais uma das peregrinas, candidata ao papel de mamãe-noel da festa natalina da matriz da Hector Hereeye Foundation. Ela tem um grande potencial venal para a função mesmo estando com botas de cawboy. Neste local proferi a palestra "A humanidade transcedental dialética, uma abordagem holística e delicada das relações no mundo cármico dicotômico”, para 1.500 empresários corsos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics