domingo, 7 de outubro de 2007

Tema de hoje: Sobre as maneiras de rezar


Como trilheiro espiritual, vos digo: “Vale mais a boa ação materialista do que a oração holística”. A caminhada esotérica oportunista é um caminho dialético e de extremadas exigências pessoais. Em cada passo o caminhante de fé é testado e deve voltar, seus pensamentos, ao divino nirvânico em busca de ajuda e entendimentos. A ausência de respostas não significa a indiferença divina. Significa, meu irmão, minha irmã, que deve procurar seu guru preferido e aprender como identificar respostas. A mão, cheia de moedas fortes sonantes, e estendida por um necessitado, é uma das respostas que esperamos com ansiedade. O ronronar de uma Ferrari 430 Spyder é outra. O fluxo contínuo de recursos deve ser o objetivo das orações. Não se apeguem a pedidos insólitos como uma longa vida, por exemplo. A não ser que tenha um abonado necessitado sendo trabalhado e o tempo de maturação é muito longo. Nós, “magos”, pedimos todos os dias que a ajuda divina abençoe os necessitados. Só assim, em nosso chateau enquanto bebemos um espirituoso vinho francês, podemos focar no que realmente interessa. Maneirosos e oráveis são os caminhos da iluminação.

Direto de Tombouctou, Mali: Na imagem acima vemos um dos monges Tao-Bao-she aguardando a palestra "A oração interior transcedental dialética nirvânica, uma abordagem sobre as diversas maneiras adotadas pelo relacionamento religioso cármico nos caminhos dicotômicos”, para 1.500 empresários malineses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics