terça-feira, 23 de outubro de 2007

Tema de hoje: O direito da escolha


Como trilheiro espiritual, vos digo:” Onde reina a força dicotômica, o direito canônico não tem lugar.”. Todo o caminhante oportunista tem encontros inesperados com o divino nirvânico. Em sua caminhada deparar-se-á com bifurcações dialéticas e tentações tântricas. Neste momento, deve-se agir com calma holística. Tomar uma decisão precipitada é fracasso certeiro. Por exemplo, o que fazer se um bando de pobres implora por ajuda e, ao mesmo tempo, um único ser humano abonado abana a mão? Ambos são grupos de necessitados desesperados. O verdadeiro oportunista de fé irá ajudar aquele que trouxer um maior volume de recursos. Pese na balança, meu irmão, minha irmã, o peso das moedas sonantes e faça sua escolha. Se o grupo perdedor chiar profira uma frase de efeito para acalmá-los enquanto garante o depósito financeiro do outro grupo. Poucos são capazes de fazer esta distinção. Nós, “magos”, aprendemos incessantemente a arte da ajuda esotérica e da procrastinação material. Exercitamo-nos ao beber um bem escolhido vinho francês, em nosso chateau. Direitos e escolhidos são os caminhos da iluminação.

Direto de Makedonski Brod, Macedônia: Na imagem acima uma peregrina, em transe, cumpre uma penitência tântrica orientada por este escriba. No mesmo dia proferi a palestra "As escolhas transcedentais dialéticas, uma abordagem do direito de evoluir financeiramente nos caminhos cármicos dicotômicos”, para 1.500 empresários macedônios. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics