sexta-feira, 14 de setembro de 2007

Tema de hoje: Os sinais de Deus


Como trilheiro espiritual, vos digo: “O divino nirvânico escreve torto pelas linhas de crédito certas”. Meu irmão, minha irmã, os sinais divinos estão em toda a parte. Cabe ao caminhante de fé identificá-los. Saibam ler os imperceptíveis sinais de riqueza daquele que ajuda. A natureza humana é múltipla e múltiplas são as origens de recursos financeiros para o incentivo da caminhada esotérico oportunista. Há de cuidar, porém, para manter o pêndulo do balanço financeiro sempre favorável para o lado positivo. Não comprem a qualquer preço um crítico venal, por exemplo. Nós, “magos”, lemos, a cada instante, as páginas financeiras dos principais jornais e sites especializados. Nosso chateau, além de uma adega de esplendorosos vinhos franceses, possui links com as principais corretoras financeiras do mundo. Sinalizados e divinos são os caminhos da iluminação.

Em tempo: Reflexões sobre Jó: Não se revoltem contra os contratempos que atormentarem suas andanças dialéticas. O verdadeiro caminhante esotérico oportunista se espelha no exemplo de Jó, o grande sábio. Ele aprendeu que reagir aos obstáculos é a melhor estratégia. Ao invés de se lamentar ou se culpar, quando os acontecimentos não estão favoráveis como deveriam, busque alternativas. Encontre outro crítico venal para comprar ou outro editor ganancioso para adular. Reflita sobre suas ações de convencimento e identifique onde está o erro. Se adapte. Lute. E tenho certeza, como “mago, que sua vitória será certa.

Direto de Ilha de Páscoa, Chile: A imagem acima é de uma famosa peregrina banhando-se nas águas sagradas de Sun-Tung-rian, depois de uma sessão privada de tantrismo nirvânico. Logo depois proferi a palestra “Os sinais dialéticos nirvânicos, uma abordagem reflexiva e paciente das diversas formas de se responder dicotomicamente”, que proferi para 1.500 empresários chilenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics