domingo, 1 de abril de 2007

Tema de hoje: A mulher perfeita


Como trilheiro espiritual vos digo: ”Melhor é morar no deserto do que com uma mulher iracunda”. Meditava certa vez, no caminho Ao-Shu-man, sobre as mulheres e do que elas gostam. Coincidentemente, mas não por acaso já que o Inefável sempre age nesses momentos, encontrei-me com o grande sábio Teng-Tu-rui. Esse sábio era famoso por seus estudos sobre as mulheres e não hesitei em perguntar-lhe sobre o assunto. Sem abrir a boca me apresentou 3 mulheres que o acompanhavam. A primeira feia e espiritualizada, a segunda linda e materialista e a terceira meia-boca, mas com um grande senso a respeito do mundo material e espiritual. Meu irmão, minha irmã, se você procura o companheiro perfeito saiba que ele (ou ela) não existe. Contente-se com o que tem e reze para ter um bom contrato nupcial e não ser depenado no divórcio. Nós, “magos”, temos grandes advogados que impedem nossos chateaus e nossas adegas de vinho francês sejam rapinados por mulheres interesseiras. Matrimoniais são os caminhos da luz.

Direto de Hafnarfjörður, Islândia: A imagem acima é de peregrinos islandeses antes do encontro anual na filial da Hector Hereeye Foundation. Na ocasião proferi a palestra "Correntes dialéticas: Uma visão dicotômica do nirvana" para 1.500 empresários islandeses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics