quinta-feira, 24 de maio de 2007

Tema de hoje: A voz que clama no deserto


Como trilheiro espiritual vos digo: “Melhor é morar no deserto do que com uma mulher iracunda”. Meu irmão, minha irmã, quando no começo do meu trabalho esotérico oportunista pensei, por diversas vezes, se o que eu fazia era de valor para alguém. Se sentir uma pobre voz no deserto é uma das piores coisas que podem acontecer a quem escolhe o caminho divino. Nesses momentos pense na sua Ferrari Spyder, seu cruzeiro no Caribe, nos livros que venderá graças a críticos venais e editores gananciosos. Espelhem-se no meu exemplo. Nós, “magos”, continuamos o caminho, com a certeza de ter nosso chateau equipado de uma adega com esplêndidos vinhos franceses. Vocais e desérticos são os caminhos da luz.

Direto da Patagônia Argentina: A imagem acima é do local onde fiz um retiro antes da palestra “A dialética nirvânica avançada, uma abordagem dicotômica da influência do eu interior no mundo dos negócios”, que proferi para 1.500 empresários argentinos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários. Conheçam o orkut do mago, link ao lado.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics