quarta-feira, 30 de maio de 2007

Tema de hoje: As testemunhas do que vivi


Como trilheiro espiritual, vos digo: “A testemunha falsa não ficará impune; e o que profere mentiras não escapará”. Meu irmão, minha irmã, ao chegar ao final de sua caminhada esotérica, siga o conselho do sábio Bei-Zheng-han autor do grande sucesso “O progresso do pingüim”, olhe para trás. Observe todos os passos que deu com vagar. Analise cada vitória e cada tropeço com isenção. Perceba se aprendeu com seus erros. Com todas estas providências tomadas, olhe para o futuro. Vislumbre então as conquistas que quer para sua vida pós-caminho. Nós, “magos”, temos certeza absoluta que se sua caminhada foi em devoção divina e concentração oportunista irá, a seu modo, conquistar um chateau e equipá-lo com uma adega de vigorosos vinhos franceses. Testemunhais e vívidos são os caminhos da luz.

Direto de Kulusuk, Groenlandia: A imagem acima é da bucólica cidade, na região leste da Groelandia, onde proferi a palestra “O testemunho dialético nirvânico, uma abordagem dicotômica clássica da gestão de pessoas” que proferi para 1.500 empresários esquimós e dinamarqueses. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários. Conheçam o orkut do mago, link ao lado.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics