domingo, 27 de maio de 2007

Tema de hoje: A maneira de rezar


Como trilheiro espiritual vos digo: "Rezar ao santo até passar o barranco, ninguém se pode obrigar". Certa vez, no caminho Ao-Shu-man, encontrei um desesperado lavrador. Ele pedia aos passantes, todos monges das mais variadas seitas, que o ajudassem. Condoído com tal aflição me aproximei do homem. Perguntei-lhe sobre o que estava acontecendo. "Minha mulher é uma megera, me atormenta todos os dias com pedidos dos mais inusitados. Hoje, quedou-se doente e está prostada e muda na cama", respondeu. "Ora, louvável sua preocupação com a saúde dela", respondi. "Que preocupação? Quero que um monge me ajude a agradecer ao divino e a mantenha assim por muito, muito tempo", retrucou. Meu irmão, minha irmã, rezar é um ato de fé. Reze todo dia pelo seu bem-estar e para alcançar seus objetivos. Não pense apenas em sua própria vida. Seja abrangente. Uma oração em prol da humanidade pode trazer benefícios inesperados como, por exemplo, um convite para ser dirigente em alguma organização esotérica. Nós, "magos", rezamos sempre para que a humanidade prospere e possa contribuir com seus gurus opportunistas preferidos. E que possam comprar nossos livros. Isso permite manter nosso chateau sempre limpo e moderno e a adega de vinhos franceses abastecida. Maneirosos e rezáveis são os caminhos da luz.

Direto da Patagônia Chilena: A imagem acima é de peregrinos no caminho para o monolito "Los Brujos", onde farão um ritual de adoração espiritual esotérica. Logo depois proferi a palestra “A viagem nirvânica pelo astral divino, uma abordagem dialética do espaço dicotômico”, que proferi para 1.500 empresários chilenos. Aos que desejam ter seu blog linkado, nessa casa espiritual, se manifestem. É de graça. Consultas oraculares podem ser enviadas por e-mail para heitorcaolho@gmail.com ou deixadas nos comentários. Conheçam o orkut do mago, link ao lado.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics