quinta-feira, 8 de fevereiro de 2007

Tema de hoje: Longevidade


Como trilheiro espiritual vos digo:"Se comermos menos, degustaremos mais". Quando em minha peregrinação pelo Ao-Shu-man deparei-me, certo dia, com um abrigo para idosos. Movido pela curiosidade resolvi entender um pouco sobre a vida e a morte. Ao entrar, encontrei um senhor bem velhinho, meio surdo, encurvado em sua bengala, andando com dificuldade, perguntei a ele qual o segredo da longevidade. Me respondeu:"Sempre me alimentei de peixes, frutas e legumes, nunca fumei, só tomo água e tive uma única mulher". "E quantos anos tem", perguntei. Ele todo orgulhoso: "99 anos". Andei mais um pouco e me deparei com um senhor ainda mais velhinho. Perguntei o mesmo, ele respondeu:"Sempre me alimentei de verduras, peixes e frutas frescas, nunca bebi nem fumei, não tive nenhuma mulher". "Quantos anos tem meu amigo", perguntei. "118 anos", respondeu. Espantado continuei minha visita. Encontrei então um senhor bem, bem velhinho, de cadeira de rodas, compleatmente desgrenhado, sem dentes, olhos quase cegos, com uma dificuldade enorme de ouvir e com um ronco no pulmão que me sugeria tuberculose em último grau. Refiz a pergunta e ele me respondeu:"Sempre vivi na esbórnia, fumava 4 maços de cigarro por dia, uísque aos litros, mulheres à vontade, comia sempre churrasco e frituras. Água? Sucos? Coisa de fresco. O meu negócio é cerveja e cachaça". Boquiaberto, pois ele era o que aparentava mais idade ali, perguntei sua idade. "25 anos", respondeu.

Estamos sempre caminhando à beira do abismo, e nosso corpo, meu irmão, minha irmã, é nosso templo. O culto que criarmos nos dirá se o retorno financeiro é o suficiente para nosso bem-estar. Se o templo estiver com tudo em cima procure a G Magazine ou a Playboy. Nós "magos" aprendemos como andar na beira do abismo sem cair nele. Isso nos permite a aquisição de nosso chateau e de nossa adega de estupendo vinho francês. Limítrofes são os caminhos da luz.

Seja o primeiro a comentar

  ©"Em verdade vos digo", o blog da Hector Hereeye Foundation Template layla-imagem banner Kazuhiko Nakamura

TOPO  

Clicky Web Analytics